Tamanho do texto

Capitão da Espanha na competição, Albert Costa, apontou que irá avaliar o tenista antes de decidir de que modo irá utilizá-lo

selo

Após perder a final do Aberto dos Estados Unidos para o sérvio Novak Djokovic na segunda-feira, Rafael Nadal volta as suas atenções para outro importante compromisso. Ele defenderá a Espanha na semifinal da Copa Davis, neste final de semana, diante da França. O tenista não escondeu o cansaço pela maratona de jogos, mas disse estar pronto para o confronto.

"A verdade é que não estou desgastado. Eu joguei um pouco mais de quatro horas na final do Aberto dos EUA e viajei logo depois de competir por vários dias em alto nível, então logicamente estou cansado. Mas, por sorte, não estou desgastado", afirmou.

No entanto, o capitão da Espanha na competição, Albert Costa, apontou que irá avaliar o tenista antes de decidir de que modo irá utilizá-lo. "Vamos ver nos próximos dois dias como ele está. Claro, se Rafa (Nadal) estiver bem, ele jogará", disse.

Graças às chuvas em Nova York, a final do US Open, prevista para o domingo, foi adiada para segunda-feira. Assim, Nadal está tendo menos tempo de descanso que o previsto para se recuperar da sequência de partidas no Grand Slam norte-americano.