Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Nadal acha difícil repetir campanha histórica no saibro

Em 2010, espanhol venceu os Masters 1000 de Monte Carlo, Roma e Madri, conquistando o Aberto de Roland Garros em sequência

Gazeta |

O espanhol Rafael Nadal fez história no saibro na temporada passada. Em 2010, o canhoto venceu os Masters 1000 de Monte Carlo, Roma e Madri, conquistando o Aberto de Roland Garros em sequência. Imbatível na terra batida em 2010, Nadal acredita que não conseguirá repetir o feito neste ano.

"O que eu fiz ano passado, vencendo Monte Carlo, Roma, Madri e Roland Garros, foi histórico", disse o espanhol. "Não acho que possa fazer isso novamente neste ano. Isso não acontecia há 50 ou 60 anos. Então, acho que não conseguirei fazer duas vezes seguidas".

Defendendo muitos pontos na temporada europeia de saibro, Nadal disse ainda que a disputa pelo número 1 do ranking da ATP está aberta. O tenista tem 3.170 pontos de vantagem para o segundo colocado, o sérvio Novak Djokovic, e vê o suíço Roger Federer ainda mais distante (4.320).

Mesmo com folga no ranking, Nadal não descarta uma possível queda na lista até o final do ano, tendo em vista a grande fase de Djokovic. "Novak está jogando extremamente bem. Ele tem um grande potencial e está em uma sequência de vitórias que lhe dá bastante confiança. Então, veremos quem será o número um no final do ano", declarou.

Nesta semana, Nadal disputa o Masters 1000 de Monte Carlo e vai atrás do seu sétimo título consecutivo no tradicional torneio de saibro. O espanhol vem das finais em Indian Wells e Miami, tendo perdido nas duas ocasiões para Djokovic. O tenista estreia em Mônaco contra o vencedor do duelo entre Julien Benneteau, da França, e Jarkko Nieminem, da Finlândia.

Leia tudo sobre: rafael nadalmasters 1000monte carloatp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG