Tamanho do texto

Após superar Murray, espanhol vai enfrentar o número um do mundo na decisão do Aberto dos EUA

AP
Na semifinal Djokovic fez jogo espetacular contra Roger Federer
Rafael Nadal , que defenderá o título do Aberto dos EUA após derrotar o escocês Andy Murray na semifinal , sabe que não será fácil ser campeão. Ele declarou que para poder derrotar Novak Djokovic na decisão vai ter que jogar de forma espetacular.

"Ele esta perfeito em todos os âmbitos, hoje poderia ter perdido para Federer , porque na frente dele tinha um jogador excepcional, mas o vejo muito bem. A única forma de batê-lo é eu estar espetacular, é o que é preciso buscar, sem obsessão, com calma", assinalou.

Nadal, que perdeu este ano as cinco finais que jogou contra o sérvio, acrescentou que precisa sair com uma ideia mais ou menos clara do que deve fazer e mantê-la por toda a partida. "Devo estar fresco de cabeça para aguentar todas as situações que possam acontecer. Para esta final não sou favorito e isso te dá uma tranquilidade extra", prosseguiu.

A final deste ano será uma reedição da do passado, na qual Nadal ganhou seu primeiro Aberto dos EUA, e o tenista espanhol reconheceu que fez uma partida que viu muitas vezes, porque é um exemplo de como deve jogar, não só contra Djokovic, mas contra qualquer um.

Sobre as semifinais, Nadal assegurou que fez seu melhor jogo do torneio. "É um dia emocionante e feliz para mim após ganhar de um dos melhores jogadores do mundo e jogar minha terceira final de Grand Slam consecutiva e a segunda aqui em Nova York", lembrou.

Rafael Nadal reconheceu o talento e a grande fase de Djokovic
AFP
Rafael Nadal reconheceu o talento e a grande fase de Djokovic

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.