Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Murray vai à semifinal em Melbourne e tem espanhol pela frente

Britânico vai enfrentar David Ferrer, que eliminou Rafael Nadal, na briga por uma vaga na decisão na Austrália

iG São Paulo |

AFP
Andy Murray celebra ponto na vitória sobre o ucraniano Alexandr Dolgopolov
O britânico Andy Murray suou, mas passou pelas quartas de final do Aberto da Austália, nesta quarta-feira. Quinto favorito do Grand Slam em Melbourne, ele eliminou o ucraniano Alexandr Dolgopolov com 3 sets a 1 (7/5, 6/3, 6/7 e 6/3), depois de três horas e seis minutos.

Diante de Dolgopolov, número 46 do mundo, ele teve facilidade especialmente na segunda série, quando seu serviço não foi ameaçado. Depois de abrir 2 a 0, perdeu o terceiro set no tie-break, mas se recuperou na quarta parcial e selou a classificação confirmando dois break-points.

Murray já sabia que iria enfrentar um tenista espanhol em seu próximo duelo, pela semifinal do torneio. No outro duelo da chave, Rafael Nadal, número um do mundo, tinha o compatriota David Ferrer pela frente. E Ferrer surpreendeu e venceu por 3 sets a 0.

No retrospecto, melhor para o tenista britânico. Contra Nadal, Murray tinha nove derrotas em 13 confrontos. Já contra Ferrer, depois de cinco duelos realizados entre os dois tenistas, o espanhol tem apenas uma vitória a mais.

A outra semifinal do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, será entre Roger Federer, segundo melhor do mundo, e Novak Djokovic, terceiro do ranking da ATP.

*com Gazeta Esportiva

 

Leia tudo sobre: tênisaberto da austráliaandy murrayrafael nadal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG