Tenista escocês venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 e aguarda a partida entre Djokovic e Berdych

O escocês Andy Murray, número 4 no ranking da ATP, suou, mas superou o norte-americano Mardy Fish, 7º, na semifinal do Masters 1000 de Cincinnati, neste sábado, por 6/3 e 7/6 (10-8). Com o resultado, ele aguarda a partida entre Novak Djokovic e Tomas Berdych, que será realizada ainda hoje, para conhecer seu adversário na decisão.

No primeiro set, Murray chegou a abrir quatro games de vantagem e, apesar da reação de Fish em seu serviço, não foi o suficiente para mudar o cenário da parcial. Foram cinco aces para o britânico, que não foi quebrado nenhuma vez, contra três do local.

No segundo set, o duelo ficou bastante parelho. O norte-americano teve um desempenho melhor no saque, apertou o jogo e manteve-se lado a lado com seu adversário durante boa parte da parcial, inclusive jogando a responsabilidade de empatar a etapa para o oponente, com 6 a 5 a seu favor. No entanto, após começar mal no saque, Murray levou a disputa para o tie-break , apesar de ter começado a reclamar de dores na perna.

Na decisiva, o americano começou melhor, mas logo o jogo estava igual novamente, com 6 a 6 nos pontos, que se estendeu para 8 a 8. Apesar de ter perdido dois match-points a seu favor, um deles no qual Fish precisou do desafio para continuar na partida, Murray apostou nos erros de seu adversário para fechar o jogo com difíceis 10 a 8, para a decepção da torcida local.

Nos confrontos diretos, Fish e Murray agora estão empatados, com quatro vitórias para cada lado. O último duelo dos adversários de hoje havia sido na própria quadra de Cincinnati, no ano passado, na época com uma vitória para o atual número 7, diante do apoio dos torcedores.

A outra semifinal, entre o número um do mundo, o sérvio Novak Djokovic, e o tcheco Tomas Berdych, 9º na classificação, acontece ainda neste sábado nos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.