Tamanho do texto

Número 4 do mundo e segundo favorito ao título do Masters 1000 de Xangai bateu o suíço Stanislas Wawrinka, parciais de 6/4, 3/6 e 6/3

O britânico Andy Murray finalmente pôde estrear nesta quinta-feira no Masters 1000 de Xangai, visto que seu oponente na segunda rodada, Dmitry Tursunov, desistiu antes mesmo do jogo começar na última terça. Nesta manha, o número 4 do mundo e segundo favorito ao título do torneio chinês bateu o suíço Stanislas Wawrinka, parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

Nas quartas de final, ele irá enfrentar o vencedor da partida entre o francês Gilles Simon, oitavo favorito, e o australiano Matthew Ebden, número 124 do mundo.

Murray é o atual campeão do torneio em Xangai e está perto do terceiro lugar no ranking de entradas da ATP, atualmente ocupado pelo suíço Roger Federer. O escocês pode conseguir o feito se for novamente campeão em terras chinesas.

Também nesta quinta, o japonês Kei Nishikori (número 47) conseguiu um grande resultado diante do colombiano Santiago Giraldo. Com parciais de 7/6 (8-6), 4/6 e 6/3, ele avançou às quartas e deve figurar na semana que vem na 38ª posição do ranking, a classificação mais alta já atingida por um tenista de seu país. Em sua próxima partida em Xangai, ele pega o ucraniano Alexandr Dolgopolov.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.