Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Murray decide nesta terça se disputará o ATP 500 de Barcelona

Sofrendo com dores no cotovelo desde Monte Carlo, tenista diz que quer evitar que contusão se agrave

EFE |

O escocês Andy Murray, segundo cabeça de chave do ATP 500 de Barcelona e quarto jogador do ranking mundial, decidirá nesta terça-feira se participará do campeonato catalão ou se desistirá por conta de problemas no cotovelo direito.

"Não treinei desde Monte Carlo. Hoje (segunda-feira) visitei um médico e amanhã (terça), às 11h ou 12h, irei para quadra treinar. Dependendo de como eu me sentir, decidirei se jogo ou não", anunciou na tarde desta segunda, em entrevista coletiva.

O britânico tomou uma injeção para suportar a dor durante a partida da semifinal de Monte Carlo contra Rafael Nadal, mas as dores voltaram a aparecer no terceiro set e desde então não tocou na raquete.

"Nunca tive uma lesão assim antes. Parece que é uma inflamação. Não é nada grave, mas também não quero que se transforme em algo maior. Esperaremos para ver o que os médicos dirão e como estou amanhã", declarou.

A estreia de Murray está prevista para a próxima quarta-feira, quando deve enfrentar o vencedor do jogo entre o belga Xavier Malisse e o espanhol Juan Carlos Ferrero. Se desistir, o torneio perderá seu segundo cabeça-de-chave e um jogador da fase anterior ocupará seu lugar na tabela.

Leia tudo sobre: ATPATP 500 de BarcelonaAndy Murray

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG