Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Motivado, Nadal quer apagar atuação do ano passado nas Finais da ATP

Espanhol perdeu as três partidas da fase de grupos no torneio de 2009. Novak Djokovic, Tomas Berdych e Andy Roddick são os adversários nesta edição

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860512693&_c_=MiGComponente_C

O espanhol Rafael Nadal está tendo um ano maravilhoso. Conquistou sete títulos e está em primeiro no ranking com larga vantagem para o segundo. Para fechar o ano com chave de ouro, o canhoto quer vencer as Finais da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), em Londres, competição na qual não tem bom retrospecto. Em 2006 e 2007, foi derrotado pelo suíço Roger Federer na semifinal e, ano passado, perdeu as três partidas da fase de grupos.

As derrotas para o sueco Robin Soderling, o russo Nikolay Davydenko e o sérvio Novak Djokovic dão motivação especial a Nadal. "Vou fazer tudo que posso para jogar bem. Uma das minhas metas é melhorar a imagem deixada pela minha atuação no ano passado. Estou bastante focado para conseguir isso", avisou.

Este ano, Nadal venceu o ATP de Tóquio, os Masters de Madrid, Roma e Monte Carlo, além dos Grand Slams de Wimbledon, Estados Unidos e Roland Garros. Desses, apenas o aberto norte-americano e o torneio japonês são disputados em quadras duras.

Em Londres, o espanhol vai enfrentar Novak Djokovic, o tcheco Tomas Berdych e o norte-americano Andy Roddick, e espera dificuldades em uma superfície que não é sua favorita. "Vamos ver o que acontece lá. O torneio é provavelmente o que tem os adversários mais difíceis na superfície mais difícil para mim. Vai ser complicado vencer, mas vou tentar", prometeu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG