Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Mononucleose tira Robin Soderling do Aberto da Austrália

Tenista sueco não joga desde julho e está fora do primeiro Grand Slam da próxima temporada

Gazeta |

AFP
Robin Soderling está fora do primeiro Grand Slam de 2012, realizado na Austrália
Assim como havia sinalizado a sua agente na última quarta-feira, o tenista sueco Robin Soderling não voltará ao circuito profissional no Aberto da Austrália como o esperado. Sofrendo de uma mononucleose, doença que provoca um aumento considerável no número de leucócitos (glóbulos brancos), ele não joga desde julho de 2011.

Leia mais: Nadal minimiza importância de recuperar a liderança no ranking

"Sinto muito, mas o momento é de dizer adeus ao Australia Open", afirmou Soderling nesta quinta, em seu site oficial. Embora o ex-número quatro do mundo só tenha abandonado o circuito em julho, os problemas físicos começaram em abril, quando passou a sentir cansaço em excesso, decorrente da doença.

Confira ainda: McEnroe teme que Djokovic abandone o Aberto do Austrália

Pouco antes de se retirar dos jogos de tênis, Soderling foi eliminado em Wimbledon para Bernard Tomic, mas ainda conseguiu uma recuperação e venceu o torneio de Bastad. O anúncio oficial de que ele não atuaria mais em 2011 veio no jogo de estreia no Aberto dos Estados Unidos.

A mononucleose já fez outras vítimas no tênis. Roger Federer, Andy Roddick e Mario Ancic passaram por esse tipo de problema, que causa grande cansaço físico.

Leia tudo sobre: robin soderlingaberto da austráliatênis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG