Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Monfils derruba favoritismo de Federer e chega à final em Paris

Número 14 do mundo teve de ser atendido no primeiro set, mas se superou e venceu o vice-líder do ranking por 2 a 1 na segunda semifinal do Masters 1000

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860228734&_c_=MiGComponente_C

Gael Monfils é a esperança francesa na decisão do Masters 1000 de Paris de tênis. Depois da derrota de Michael Llodra para o sueco Robin Soderling na primeira semifinal, Monfils vingou a torcida local em grande estilo, derrotando nada menos que o ex-número 1 do mundo Roger Federer, por 2 sets a 1, pela primeira vez na carreira. As parciais foram de duplo 7/6 (9/7), 6/7 (1/7)e 7/6 (7/4) depois de mais de duas horas de partida. 

Na final deste domingo, Monfils, décimo quarto do ranking, terá que suar muito para bater outro tenista melhor ranqueado. O confronto contra Soderling, quinto do mundo, está programado para as 12h (horário de Brasília).

AFP
Com dores no pescoço, Monfils recebe atendimento durante o primeiro set
Com dores no pescoço, Monfils recebe atendimento durante o primeiro set

O jogo
Além de enfrentar o número 2 do ranking da ATP, o francês teve outro obstáculo durante o jogo. Quando a partida estava 3 a 2 para Federer no primeiro set, Monfils pediu atendimento médico por causa de dores no pescoço. Quando retornou, endureceu a partida, levou o set para o tie-break e errou menos que o adversário, fechando em 7 a 6 após 9 a 7 no ponto-desempate.

O segundo set transcorreu sem quebras de serviço até o empate por 6 a 6. No tie-break, porém, Roger Federer deixou a apatia inicial de lado e não deu qualquer chance para o rival francês, atropelando por 6 a 1.

O suíço começou o terceiro set no mesmo ritmo implacável do segundo: confirmou seu serviço, quebrou o de Monfils e rapidamente alcançou 3 a 0 no placar. O francês voltou para o jogo, diminuiu a desvantagem e conseguiu devolver a quebra de serviço, levando a partida para a igualdade em 4 a 4. Federer teve alguns match-points a seu favor, mas Monfils conseguiu fazer 6 a 6 e levar para o tie-break. No desempate, melhor para o francês, que errou menos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG