Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Ministério do Esporte respalda Projeto Olímpico na academia de Larri

Local vai se tornar um centro de preparação de atletas para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016

Gazeta |

O Ministério do Esporte e a CBT (Confederação Brasileira de Tênis) firmaram, nesta quinta-feira, um convênio para viabilizar o Projeto Olímpico de Tênis Rio 2016. O repasse financeiro foi de R$ 2.018.865,30.

O principal objetivo do acordo é transformar a academia do técnico Larri Passos, em Camboriú (SC), em um centro de preparação de atletas para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.

O ministro Orlando Silva elucidou a meta. "Nossa expectativa é aperfeiçoar o trabalho técnico, a preparação dos nossos atletas e, quem sabe, ter um grande resultado no tênis em 2016", expôs.

O dinheiro será direcionado nas despesas dos atletas com viagens, salários dos profissionais e gastos com alimentação. O ex-tenista Gustavo Kuerten explicou as diretrizes. "O investimento vai ser nas pessoas. O primeiro passo será fundamental para começar a identificar e capacitar melhor nossos atletas", explicou o tricampeão de Roland Garros.

Promessas como Tiago Fernandes, Thiago Monteiro, Bia Haddad e outros da faixa etária entre 15 e 23 anos treinarão com Larri. Para Guga, o projeto focará na transição do juvenil para o profissional. Para ele, a mais crítica de qualquer carreira. "É uma fase que requer um cuidado especial".

Leia tudo sobre: gugario 2016larri passosTênis Rio 2016

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG