Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

"Meu jogo não estava competitivo", diz Federer para justificar derrota

Suíço foi superado com facilidade por Novak Djokovic, atual número 1 do ranking da ATP

Gazeta |

O tenista número um do mundo Novak Djokovic não demorou para derrotar o suíço Roger Federer, nesta sexta, no Mubadala World Tennis Championship, torneio de exibição em Abu Dhabi. O ex-líder do ranking da ATP não demonstrou resistência e se desculpou com o público pela apresentação apática.

Federer discordou que estivesse desmotivado para a partida e afirmou que não conseguiu superar o sérvio, embora estivesse se movimentando bem pela quadra. "É surpreendente quando as coisas vão rápido e você está do lado perdedor. Não é muito confortável", relatou.

O suíço exaltou a performance do seu adversário e justificou que seus golpes não funcionaram durante o duelo. "Tentei coisas diferentes e simplesmente não funcionou. Ele jogou muito bem e infelizmente o torneio é de tiro muito curto e sei que perdi para um grande adversário", pontuou. "Djokovic conseguiu uma quebra de vantagem muito cedo em ambos os sets, o que dificultou muito a situação. Além disso, meu jogo não estava competitivo hoje", acrescentou o número três do mundo.

Veja as fotos desta sexta-feira do torneio de Abu-Dhabi

A apresentação de Roger Federer nos Emirados Árabes Unidos não condisse com o final de sua temporada, quando venceu o ATP Finals, em Londres, e o Masters 1000 de Paris. Djokovic aplicou 2 sets a 0 no atleta da Basileia sem precisar se esforçar muito, com parciais de 6/2 e 6/1.

Embora o torneio de Abu Dhabi seja curto, Federer ainda terá a oportunidade de se redimir com a torcida local contra Rafael Nadal, na disputa pelo terceiro lugar. O espanhol perdeu para o compatriota David Ferrer em sets diretos com parciais de 6/3 e 6/2, na outra semifinal do torneio, também disputada nesta sexta-feira.

Leia tudo sobre: roger federertênis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG