Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Mello vai às quartas contra Hidalgo em Rio Preto. Rogerinho perde

Ricardo passou pelo espanhol facilmente, mas terá uma parada dura pela frente no Challenger

Gazeta |

O tenista brasileiro Ricardo Mello passou pelo espanhol Ivan Navarro, nesta quinta-feira (27), por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, e está nas quartas de final do torneio BVA Open 2011, em São José do Rio Preto. Com o resultado, o campineiro fica bem próximo de voltar ao top 100. Já o medalhista de prata nos Jogos Pan-americanos Rogério Dutra Silva sentiu o forte ritmo de jogos e perdeu nas oitavas.

Mello, no entanto, terá uma parada dura pela frente no Challenger do interior paulista. Ele encara o espanhol, Ruben Ramirez Hidalgo, nesta sexta. Hidalgo, ex-top 50, bateu fácil o argentino Facundo Bagnis, por 6/3 6/0. O BVA Open é um torneio da Série Challenger Tour da ATP que distribui US$ 50 mil em premiação e hospedagem. Mello comemorou bastante o resultado obtido nesta quinta.

"Estou muito contente por ganhar o jogo no segundo set. O Ivan é um jogador que tem uma variedade de jogadas muito grande, um repertório variado. Consegui manter a calma e fechar o jogo", afirmou Mello.

Já pensando no confronto contra o espanhol, ele espera vencer mais uma vez. "Joguei duas vezes com o Hidalgo esse ano e ganhei as duas. Ele é um cara muito bom, mas espero conseguir a terceira (vitória)", anseia o brasileiro.

Hidalgo, que bateu o argentino Bagnis, esta otimista para o confronto contra Mello. "Espero ganhar dele ainda esse ano. Minha adaptação na quadra e ao clima aqui está muito boa e vamos fazer um bom confronto amanhã (sexta-feira)", projetou.

Já o brasileiro Rogerio Dutra Silva sentiu a maratona de jogos e caiu diante do argentino Pablo Galdon, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5. Ele lamentou o resultado, após perder a final do Pan-americano de Guadalajara na última semana e conquistar a medalha de prata.

"Não consegui manter o nível dos últimos jogos, acabei sentindo hoje. O físico pegou um pouco. Ele jogou muito bem e mereceu a vitória", afirmou Rogerinho que agora disputa o Challenger de Medellín na próxima semana.

Leia tudo sobre: challengeratpricardo mello

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG