Número 89 do mundo venceu seu compatriota e agora enfrentar o vencedor de outro jogo entre brasileiros

Cabeça de chave um do Challenger de Campos do Jordão, o brasileiro Ricardo Mello confirmou o favoritismo e avançou às quartas de final. O número dois do Brasil derrotou Thiago Alves por 2 sets a 0, parciais 7/6 (7-2) e 6/1, nesta quinta-feira de rodada dupla.

Depois de uma hora e 23 minutos de embate, Mello carimbou o passaporte para a próxima rodada e voltará à quadra de Campos do Jordão ainda nesta quinta. Nas quartas, o número 89 do mundo enfrentará o vencedor do jogo entre os também brasileiros Guilherme Clezar e Julio Silva.

Para derrotar Alves, Mello precisou aumentar o ritmo depois de games mais lentos no início da partida. "Comecei um pouco inseguro no jogo, tive umas oportunidades perdidas logo no primeiro game e acabei não aproveitando. Isso fez com que eu não fosse bem no segundo game e ele conseguiu a quebra", disse.

"A partir do 5/2 comecei a jogar mais dentro da quadra e pressionar um pouco mais, conseguindo a virada", lembrou Mello, atual vice-campeão do Challenger paulista.

Outro brasileiro a vencer na serra paulista foi Rogério Dutra da Silva, que passou pelo primeiro duelo da rodada dupla desta quinta. Cabeça de chave cinco em Campos do Jordão, Rogerinho derrotou o chileno Guillermo Aranquiz por 2 sets a 0, parciais 7/5 e 6/3.

O próximo desafio de Rogerinho será o colombiano Roberto Farah, que surpreendeu o argentino Horacio Zeballos. De virada, Farah eliminou o cabeça de chave dois do torneio por 2 sets a 1: parciais 6/7 (7-9), 6/3 e 7/6 (7-5).

Compatriota de Zeballos, Brian Dabul teve mais sorte e avançou à próxima rodada ao derrotar o paulista Tiago Lopes por 6/2 e 6/1. No segundo jogo do dia, o argentino enfrenta o chileno Paul Capdeville, responsável pela eliminação do paulista João Pedro Sorgi, por 6/3 e 6/1.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.