Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Justine Henin não resiste às lesões e se aposenta do tênis

Belga, dona de 43 títulos da WTA, divulgou carta na qual diz que não consegue mais atuar em alto nível

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

Sofrendo com dores no braço direito, a belga Justine Henin, ex-número 1 do mundo, decidiu encerrar definitivamente sua carreira. A tenista anunciou a decisão nesta quarta-feira, em uma carta de despedida publicada enviada à imprensa de seu país natal. Na mensagem, Justine Henin lembra da lesão grave que sofreu no cotovelo durante Wimbledon 2010 (que a tirou da temporada 2010), e diz que, apesar da vontade de tentar continuar atuando em alto nível, não tem mais forças para continuar no esporte.

AP
Justine Henin chora ao anunciar a aposentadoria
"Depois do meu acidente em Wimbledon, eu sabia que as coisas seriam complicadas para retornar (ao tênis). Mas resolvi esperar e dar tudo para superar a lesão. Os últimos meses de trabalho têm sido extenuantes e dolorosos. O tempo passou e as dúvidas aumentaram, e só voltar a competir poderia responder (se deveria continuar jogando tênis). Hoje, os exames médicos são claros e formais: meu cotovelo está muito danificado e frágil demais para eu continuar a exercer a minha paixão e a minha profissão em alto nível", diz Justine Henin, em trecho da carta.

Antes de sofrer a lesão em Wimbledon 2010, Henin havia ficado afastada do tênis por 18 meses, também por dores no braço direito. Na ocasião, ela chegou a anunciar a aposentadoria pela primeira vez, tornando-se a primeira tenista a deixar o esporte enquanto liderava o ranking da WTA (Associação de Tênis Feminino)

No último ranking divulgado pela WTA, a belga estava na 13ª posição. Porém, ao ser eliminada na terceira rodada do Aberto da Austrália pela russa Svetlana Kuznetsova, Justine Henin corria o risco de sair do top 30. Na edição 2011 do torneio, a belga teve seu pior desempenho no Grand Slam australiano desde 2000.

Durante a carreira, Justine Henin chegou a 61 finais de torneios profissionais e conquistou uma vez o Aberto da Austrália (2004), quatro vezes Roland Garros (2003, 2005, 2006 e 2007) e duas vezes o Aberto dos Estados Unidos (2003 e 2007). Ela também foi duas vezes vice-campeã em Wimbledon (2001 e 2006), além de ter faturado a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atenas (Grécia), em 2004. Ela abandona o tênis aos 28 anos de idade, buscando "novas aventuras".

Leia tudo sobre: WTAJustine Henin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG