Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

João Souza avança no Challenger de Santos. Marcos Daniel perde

"Feijão" enfrenta já nesta quarta o argentino Andres Molteni, mesmo dia em que o favorito Ricardo Mello volta às quadras

Gazeta |

Um duelo equilibrado foi realizado entre o gaúcho Marcelo Demoliner e o paulista João Souza na noite desta terça-feira, valendo vaga nas oitavas de final do Challenger de Santos. Após muita disputa, João Souza, o "Feijão", levou a melhor ao vencer por 2 sets a 0, em parciais de 6/4 e 6/3.

Ele enfrenta já nesta quarta-feira o argentino Andres Molteni, que garantiu a vaga na próxima rodada ao bater, de virada, na segunda-feira, o argentino Facundo Bagnis por 2 a 1. Se vencer, João garantirá vaga nas quartas-de-final do Challenger de Santos, torneio que distribui US$ 50 mil em prêmios.

Na partida anterior, o cabeça-de-chave 2 do torneio Marcos Daniel acabou eliminado pelo peruano Ivan Miranda, por 2 sets a 0 (duplo 6/4). O atleta reconheceu a má fase na temporada, creditando o mau desempenho a uma lesão que o atrapalha já há algum tempo.

"Este ano ainda não começou para mim. Ainda estou buscando ritmo de jogo depois de um período afastado das quadras por causa de uma contusão no ombro. Parece cada dia mais difícil voltar porque essa garotada está batendo cada vez mais forte", desabafou Daniel.

Favorito ao título do Santos Brasil Tennis Open, o brasileiro Ricardo Mello volta a jogar nesta quarta-feira, às 17h, contra José Pereira Jr, também do Brasil, em busca de uma vaga nas quartas-de-final da competição.

O jogo da sessão noturna na quadra central será entre a dupla cabeça-de-chave número um, de André Sá e Franco Ferreiro, campeões do Challenger de Blumenau, na semana passada e o residente da região, Fernando Romboli e Marcelo Demoliner.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG