Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Isner ganha reedição do jogo mais longo do tênis

Em 2010, Isner e Mahut se enfrentaram na primeira rodada de Wimbledon em duelo épico, que durou 11 horas e 5 minutos

AE |

Seis meses após a partida mais longa da história do tênis, o norte-americano John Isner e o francês Nicolas Mahut voltaram a se encontrar nesta segunda-feira, em duelo pela Copa Hopman, um torneio entre países. Dessa vez, porém, o confronto durou apenas 1 hora e meia, com vitória de Isner por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/5).

Em 2010, Isner e Mahut se enfrentaram na primeira rodada de Wimbledon em duelo épico, que durou 11 horas e 5 minutos e foi disputado em três dias. O norte-americano venceu por 3 sets a 2, com a parcial decisiva sendo definida em 70/68. E o jogo teve 215 aces, sendo 112 de Isner e 103 de Mahut.

Já a partida desta segunda-feira teve números mais modestos, com 32 aces, sendo 17 de Isner e 15 de Mahut. E os Estados Unidos venceram os outros dois jogos do dia contra a França, garantindo o triunfo por 3 a 0 no duelo pelo Grupo B da Copa Hopman. Bethanie Mattek-Sands bateu Kristina Mladenovic por 2 a 1 (3/6, 6/3 e 6/1) e a dupla Mattek-Sands/Isner venceu Mladenovic/Mahut também por 2 a 1 (2/6, 6/3 e 7/6).

Também pelo Grupo B, a Itália superou a Grã-Bretanha por 2 a 1. Francesca Schiavone venceu Laura Robson no jogo de simples feminino por 2 sets a 0 (7/5 e 6/3). Andy Murray bateu Potito Starace também por 2 a 0 (7/5 e 6/1). A Itália garantiu o triunfo ao vencer jogo de duplas mistas. Schiavone e Starace derrotaram Robson e Murray por 2 sets a 1 (6/7, 7/6, 7/6).

Leia tudo sobre: TênisJohn IsnerNicolas Mahut

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG