Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Isner derrota luxemburguês diante de sua torcida e avança em Memphis

Americano foi duas vezes ao tie-break contra Gilles Muller para conquistar a vitória por 2 sets a 0

Gazeta |

O norte-americano John Isner comemorou a vitória diante de sua torcida no ATP 500 de Memphis, nos Estados Unidos. O número 13 do mundo venceu, na madrugada desta terça para quarta-feira, o luxemburguês Gilles Muller com um duplo 7/6.

Leia também: Desgaste de Bellucci destoa em era de Djokovic x Nadal

A partida foi complicada para o tenista da casa, mas o apoio da torcida local o ajudou a vencer. "Foi um jogo que eu sabia que ia ser difícil", ressaltou o norte-americano. "Eu sabia que ia ter que acabar com o jogo. Então fiz o meu melhor e isso ajudou", acrescentou Isner.

Foi a terceira vez que os tenistas se enfrentaram. Todos os encontros foram em solo americano e terminaram com vitória do tenista local. No entanto, esta foi a primeira vez pelo ATP 500 de Memphis, já que as últimas duas partidas entre eles foram em Atlanta.

E ainda: Bellucci sobe para 34º após jogar semifinal no Brasil

EFE
Em seu país, Isner sofreu para conquistar a vitória contra Muller

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Esta madrugada também teve o encontro de dois norte-americanos nas quadras de Memphis. Ryan Sweeting, 78º no ranking da ATP, levou a melhor sobre James Blake, número 61 do mundo.

A vitória foi tranquila, em menos de uma hora de partida, Sweeting aplicou um "pneu" e fechou com um 6/2 para cima do compatriota. Blake sofreu com o condicionamento físico depois de um tempo afastado dos jogos e treinamentos em virtude de uma lesão no joelho.

Leia análises e opiniões sobre o tênis no blog do Paulo Cleto

O convidado do evento Sam Querrey derrotou o colombiano Alejandro Falla de virada por 2 sets a 1 com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4. O ucraniano Sergiy Stakhovsky também avança na competição, pois venceu o quali Robert Kendrick por 6/3 e 7/6. Ryan Harrison superou o jovem Jack Sock por 6/3, 2/6 e 6/4 em quase duas horas de confronto.

Leia tudo sobre: atp 500 de memphis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG