Jogadores foram surpreendidos e acabaram eliminados na primeira rodada

Os primeiros resultados do segundo dia do ATP 500 de Hamburgo trouxeram a eliminação de dois cabeças de chave: Juan Ignacio Chela e Alexandr Dolgopolov. Enquanto o argentino caiu perante o local Tobias Kamke, Dolgopolov foi superado pelo finlandês Jarkko Nieminen.

Cabeça de chave 10, o ucraniano foi não páreo para Nieminen, que derrotou o rival por 2 sets a 1, parciais 6/3, 1/6 e 6/4. Apesar de ter disparado 10 aces na partida, Dolgopolov perdeu para o finlandês, que anotou uma quebra de saque a mais. Com este resultado, Nieminen está nas oitavas de final.

A outra decepção ficou por conta de Chela. O argentino não deu conta do alemão Tobias Kamke, convidado pela organização para participar do torneio.

Kamke despachou o sétimo favorito em sets diretos, parciais 6/1 e 6/4, e garantiu uma vaga nas oitavas de final. Na próxima rodada, o local duelará com o vencedor do jogo entre o croata Marin Cilic e o alemão Bastian Knittel.

Já o francês Gilles Simon confirmou o status de favorito e despachou facilmente o ucraniano Sergyi Stakhovsky, por 2 sets a 0, parciais 6/2 e 6/1. Por uma vaga na final, o cabeça de chave cinco medirá força com Nieminen, algoz de Dolgopolov.

Outro favorito a se garantir nas oitavas de final de Hamburgo foi o italiano Fabio Fognini. O tenista estreou logo na segunda rodada e derrotou o romeno Viktor Crivoi. O cabeça de chave 15 teve trabalho apenas no segundo set e carimbou a passagem para a próxima fase tranquilamente: 2 sets a 0, parciais 6/1 e 7/5.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.