Tamanho do texto

Ex-atleta vai participar da elaboração de um Centro de Treinamentos para a formação de tenistas

selo

AFP
Guga vai escolher 14 atletas para a fase inicial do projeto olímpico brasileiro
Maior nome da história do tênis masculino no Brasil, o ex-tenista Gustavo Kuerten será um dos responsáveis por coordenar o Projeto Olímpico de Tênis Rio 2016. Nesta quinta-feira, a CBT (Confederação Brasileira de Tênis) e o ministério do Esporte anunciarão, em Brasília, a assinatura de um convênio visando a preparação de atletas para a Olimpíada que será realizada na capital fluminense.

Pelo convênio, a CBT receberá R$ 2.018.865,30 da pasta federal. A verba será usada para transformar a academia Larri Passos, em Camboriú (SC), responsável pela formação de Guga, em um Centro de Treinamentos para a formação de tenistas para a Olimpíada de 2016.

Kuerten, Larri e o departamento de alto rendimento da CBT serão responsáveis pela escolha de 14 atletas que participarão da fase inicial do projeto. Até o fim deste ano, o número pode chegar a 20. Atualmente, o grande nome sob a tutela de Larri é Thomaz Bellucci, melhor brasileiro no ranking mundial.