Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

"Futebol é mais difícil que tênis", diz Djokovic após jogo beneficente

Mesmo com uma lesão nas costas, o tenista marcou um gol de pênalti, mas teve de tomar cuidado com os impedimentos

EFE |

AP
Maior esportista sérvio na atualidade, Novak Djokovic é idolatrado pelas crianças
O tenista número um do mundo, o sérvio Novak Djokovic , afirmou que "o futebol é mais difícil que o tênis" após ter participado na terça-feira de uma partida beneficente entre o time feminino do Red Star Belgrade e os atores de um filme popular sérvio.

"Definitivamente o futebol é mais difícil. Durante todo momento tive que estar atento para não ficar impedido, e por outro lado, para não ser egoísta e passar a bola", disse Djokovic após o término do jogo benéfico em Belgrado.

A imprensa sérvia informou nesta quarta-feira que a partida faz parte da campanha "A batalha pelos bebês", destinada a arrecadar fundos para adquirir incubadoras para crianças imaturas.

Cerca de 300 mil espectadores assistiram ao jogo no estádio da equipe feminina, o Red Star, time que o tenista jogou e marcou o gol de pênalti na vitória por 4 a 2.

"Aqui eu não tenho importância, o que importa é que todos lutem pelos bebês para que tenham as melhores condições possíveis", explicou Djokovic, que convidou a todos para contribuírem com ações humanitárias.

"Cada pessoa que tem sucesso em sua carreira, seja ela qual for, deve ter a consciência de retribuir algo a seu povo, de ajudar quem precisa de ajuda. Em nenhum momento duvidei de aceitar o convite", declarou Djokovic, que também anunciou que participará da compra de incubadoras.

Leia tudo sobre: djokovic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG