Espanhol voltou às quadras após um mês e fez um jogo baseado no fundo da quadra para vencer

O tenista espanhol David Ferrer reagiu após perder o primeiro set e acabou vencendo o búlgaro Grigor Dimitrov por 2 sets a 1, com parciais de 4-6, 6-1 e 7-5 na segunda rodada do Masters 1000 de Cincinnati.

Ausente das quadras desde 17 de julho, quando perdeu a final de Bastad para o sueco Robin Soderling, Ferrer precisou de 2 horas e 23 minutos para derrotar Dimitrov, num duelo baseado no fundo da quadra. Ferrer aproveitou a chance de quebrar o saque do rival para vencer o número 56 do mundo.

Nas oitavas de final, o espanhol jogará com o vencedor da partida entre o francês Gilles Simon e o sérvio Janko Tipsarevic.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.