Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Feijão/Mello vira sobre colombianos. Bellucci/Melo cai na estreia

Feijão e Ricardo Mello passaram por Falla e Giraldo, enquanto Thomaz Bellucci e Marcelo Melo pararam em Philipp Marx e Adil Shamasdin

Gazeta |

A chave masculina de duplas do Aberto da Austrália teve uma vitória e uma derrota de duplas brasileiras nesta quarta-feira. O triunfo foi de João Souza, o "Feijão", e Ricardo Mello, que viraram sobre os colombianos Alejandro Falla e Santiago Giraldo. Já Thomaz Bellucci e Marcelo Melo caíram diante do alemão Philipp Marx e o canadense Adil Shamasdin.

Leia também: Bellucci dá troco em israelense, avança e enfrenta Monfils

Com Feijão já eliminado e Mello ainda na chave de simples do primeiro Grand Slam do ano, os brasileiros fizeram confronto duro com Falla e Giraldo, principais jogadores de seu país e candidatos a enfrentar brasileiros na Copa Davis. Se passar pelo Equador, a Colômbia será adversária do Brasil na segunda rodada do Zonal da América do Sul.

Com duas quebras de serviço para cada lado, o primeiro set de partida foi vencido pelos colombianos no tie-break. A derrota não abalou os brasileiros, que conseguiram defender seu saque e vencer o dos adversários uma vez em cada parcial seguinte para conquistar a vitória, com 6/7 (3-7), 7/5 e 6/4 após 2h23min de partida.

E ainda: Favoritos e musas vencem no segundo dia do Aberto da Austrália

Na segunda rodada em Melbourne, Feijão e Ricardo Mello têm pela frente os vencedores do duelo dos austríacos Oliver Marach e Alexander Peya, cabeças de chave 9 do torneio, com o romeno Victor Hanescu e o belga Olivier Rochus.

Bellucci e Marcelo Melo não tiveram a mesma sorte. Eles ofereceram resistência ao alemão Philipp Marx e o canadense Adil Shamasdin, perdendo o primeiro set por 7/5, com a única quebra de serviço da partida. No segundo, a decisão foi para o tie-break e os adversários levaram a melhor. No final, vitória de Marx/Shamasdin por 7/5 e 7/6 (9-7).

Leia análises e opiniões sobre o tênis no blog do Paulo Cleto

O Brasil ainda tem dois duplistas no primeiro Grand Slam do ano. André Sá forma parceria com o eslovaco Michal Mertinak e pega os ucranianos Alexandr Dolgopolov e Denys Molchanov na estreia. Já Bruno Soares e o norte-americano Eric Butorac, cabeças de chave 10, enfrentam a dupla do português Frederico Gil e o espanhol Daniel Gimeno-Traver.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG