Suíço perdeu um set e precisou jogar por três horas, mas no final conseguiu se classificar em Wimbledon

O suíço Roger Federer precisou de uma virada sobre o russo Mikhail Youzhny para avançar às quartas de final de Wimbledon, nesta segunda-feira. Cabeça de chave 3 do torneio londrino, ele venceu por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/3, 6/3 e 6/3, em três horas de partida.

Após a derrota na primeira parcial, Federer conseguiu se impor sobre o russo, conquistando seis quebras de serviço e perdendo seu saque apenas uma vez na partida.

Nas quartas de final, o suíço terá pela frente o francês Jo-Wilfried Tsonga, que despachou o espanhol David Ferrer, sétimo favorito à conquista do título, com uma vitória por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (7-1).

Os dois tenistas já se enfrentaram cinco vezes pelo circuito da ATP e a vantagem no retrospecto é de Federer, que venceu quatro partidas. A única vitória de Tsonga ocorreu no Masters 1000 de Montreal-2009. Na ocasião, o francês triunfou por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-5), 1/6 e 7/6 (7-3) e foi à semifinal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.