Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Federer vence Nadal e conquista a ATP Finals

Foi o 22° duelo entre os dois melhores tenistas da atualidade. Temporada terminou em Londres

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854197982&_c_=MiGComponente_C

Pela quinta vez na carreira, Roger Federer é o campeão do torneio que reúne os 8 melhores tenistas da temporada (2003, 2004, 2006, 2007 e 2010). O atual número 2 do ranking iguala o número de conquistas das lendas Pete Sampras e Ivan Lendl, e coloca o nome no hall dos maiores vencedores da competição.

Neste domingo, Federer precisou de 3 sets para superar o número 1 do mundo, Rafael Nadal, na arena O2, em Londres. As parciais foram de 6/3, 3/6 e 6/1, após uma hora e 37 minutos de jogo.

AFP
Tenistas posam com troféus do ATP Finals, torneio em Londres que fechou a temporada

A campanha do suíço na capital inglesa foi irretocável. Cinco vitórias em cinco partidas disputadas, perdendo apenas um set durante o torneio.  Federer venceu David Ferrer, Andy Murray e Robin Soderling na fase de grupos, passou por Novak Djokovic na semifinal e fechou o ano batendo seu principal rival, Rafael Nadal. A conquista representa 1500 pontos no ranking para Federer, além de aproximadamente R$ 2 milhões e 800 mil.

O jogo
O duelo começou extremamente equilibrado. Até 3 a 3, ninguém conseguiu ameaçar o serviço do oponente. No sétimo game, Roger Federer precisou escapar da primeira pressão em seu saque. O suíço saiu de 0 a 30 para voltar a liderar no marcador. No oitavo game veio a única quebra da primeira parcial. Rafael Nadal não teve reação depois de uma excelente esquerda angulada do número 2 do ranking. Na primeira chance, Federer quebrava o serviço do espanhol e abria 5 a 3 no marcador.

Na sequência, Federer venceu todos os pontos do game no seu serviço e fechou a parcial em 6 a 3. No segundo set, o duelo seguiu parelho. Rafael Nadal conseguiu quebrar o saque de Federer no quarto game do set. Com um erro não-forçado do suíço, Nadal abria 3 a 1 de vantagem.

O espanhol confirmaria seu game na sequência com a ajuda da sorte. Sacando em 40 a 30, o número 1 do mundo teve a ajuda da fita da rede, que terminou a longa troca de bola com o ponto para Nadal. Surpreendido pela bola na fita, e sem a menor chance de reação, Federer escorregou e foi ao chão, assustando o público.

Assista ao vídeo sobre a conquista

Foi só um susto. O suíço estava bem fisicamente, mas em desvantagem no segundo set: 4 a 1 para Nadal. E foi só administrar a vantagem, confirmar seus serviços, e o espanhol fecharia a segunda parcial pelo mesmo placar que havia perdido a primeira: 6 a 3.

No terceiro e decisivo set, Roger Federer foi muito superior. Mais agressivo e sólido em praticmamente todos os golpes, o suíço quebrou o saque de Nadal no quarto game. Abria 3 a 1 de vantagem e colocava grande pressão no número 1 do ranking. Antes de perder seu serviço, Nadal liderava o game em 40 a 15. No ponto decisivo, viu Federer agredir seu segundo saque e fechar o game.

Roger Federer voltaria a quebrar o espanhol no sexto game. Nadal foi irreconhecível no game, parecia sentir o momento delicado no jogo. Com 5 a 1 no placar, Federer sacou para o pentacampeonato.

No segundo match point, Roger Federer colocou uma esquerda no limite da quadra. Por alguns instantes, os jogadores hesitaram, o público ficou em silêncio absoluto e o juiz não se pronunciou.  Era a dúvida se a bola havia sido boa ou não. Mas, Nadal foi o primeiro a correr para o centro da quadra, confirmar o ponto decisivo do adversário, para a explosão de alegria de Roger Federer.

Nadal segue sem nunca ter vencido o ATP Finals, enquanto Federer amplia para cinco troféus do torneio a sua galeria.

Leia tudo sobre: tênis - atpvídeos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG