Número três do mundo superou o compatriota Stanislas Wawrinka e avançou às quartas do Grand Slam francês

Cada vez mais consistente no saibro de Roland Garros, Roger Federer venceu mais uma neste domingo e garantiu vaga nas quartas de final. Em duelo de suíços, o número três do mundo derrotou Stanislas Wawrinka por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 7/5, em 1h46min de partida.

Ainda sem perder sets na competição, Federer terá nas quartas de final seu maior desafio até agora em Paris. Ele enfrentará o vencedor do duelo entre o espanhol David Ferrer, especialista em saibro, e o local Gael Monfils, que conta com o apoio maciço da torcida francesa. Ambos estão entre os dez melhores do ranking da ATP.

Com a vitória deste domingo, Federer alcançou mais uma marca histórica em sua carreira. Pela 28.ª vez consecutiva, ele chegou à fase de quartas de final em um Grand Slam, superando o americano Jimmy Connors, que registra 27 participações seguidas em quartas de final.

Neste domingo, Federer praticamente não teve dificuldades para superar seu amigo e compatriota. Sacando melhor, ele dominou os dois primeiros sets e só teve mais trabalho na última parcial. Wawrinka chegou a abrir 2/0, ao faturar sua única quebra de saque do jogo, mas não conseguiu sustentar a vantagem e cedeu a virada.

Na soma final, o número três do mundo foi mais eficiente no serviço e obteve 82% dos pontos quando jogou com o primeiro saque. Também foi melhor quando arriscou. Ao todo, acumulou 32 bolas vencedoras, incluindo oito aces, contra 19 de Wawrinka.

Mais cedo, o italiano Fabio Fognini levou a melhor sobre o espanhol Albert Montañes em uma batalha de 4h22min. Fognini venceu por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/4, 3/6, 6/3 e 11/9, e assegurou vaga nas quartas de final. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o invicto Novak Djokovic e o francês Richard Gasquet.

Federer em ação na vitória sobre Wawrinka
EFE
Federer em ação na vitória sobre Wawrinka

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.