Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Federer supera Simon em cinco sets e segue no caminho do penta

Ex-líder da ATP abre 2 a 0, mas vê rival reagir e precisa brigar até quinto set para ir à terceira rodada do Aberto da Austrália

Pedro Taveira, iG São Paulo |

Assim como os demais candidatos ao título, Roger Federer sofreu nesta quarta-feira para conseguir sua classificação à terceira fase do Aberto da Austrália. Em partida que durou três horas e 13 minutos na Arena Rod Laver, o suíço bateu o francês Gilles Simon por 3 sets a 2, com parciais de 6/2, 6/3, 4/6, 4/6 e 6/3. Na próxima rodada, o atual número 2 do ranking da ATP enfrenta o belga Xavier Malisse.

Apesar do equilíbrio, Federer, que busca seu quinto troféu em Melbourne e, de quebra, interromper a sequência de Rafael Nadal em torneios Grand Slam, parecia ter o controle da situação nos dois primeiros sets. Com duas quebras a mais que Simon nestas parciais, ele não teve dificuldades para abrir 2 a 0 no placar.

Foi a partir do terceiro set que as coisas começaram a se complicar para o suíço. Ele passou a errar mais – cometeu 13 erros não-forçados na terceira parcial e 14 na quarta – e viu o rendimento do adversário melhorar. O francês conseguiu 17 e 13 winners nas terceira e quarta parciais e levou a decisão do jogo para o set de desempate.

Na quinta parcial, as coisas pareciam que voltariam ao normal. Federer voltou a ser agressivo e preciso. Depois de quebrar o serviço de Simon duas vezes, sacou em 5/2 para fechar o duelo. O suíço conseguiu um triplo match point, mas viu o rival se recuperar, quebrar seu saque e voltar à partida. Porém, como um capricho do destino, Federer voltou a derrubar o serviço de Simon e finalizou o confronto em 6/3 no último set.

Esta foi a primeira vitória do suíço sobre o francês em três confrontos diretos. Simon, 34º colocado no ranking mundial, triunfou no Masters 1000 do Canadá e na fase de grupos do ATP Finals da China, ambos em 2008.

Contra Malisse, adversário próxima fase e que ocupa a 45ª posição da ATP, o ex-número 1 do mundo tem retrospecto amplamente favorável. Foram sete vitórias e somente uma derrota – e este triunfo do belga ocorreu no já distante ano de 1999.

AP
Simon, à esquerda, sofreu sua primeira derrota em três partidas contra Federer
Monfils avança
Mais cedo, foi a vez do francês Gael Monfils garantir seu lugar na terceira rodada do Aberto da Austrália. O cabeça de chave número 12 derrotou o português Frederico Gil por 3 sets a 1, parciais de 6/4, 6/3, 1/6 e 6/2, em duas horas e 29 minutos. Na próxima fase, Monfils irá enfrentar o suíço Stanislas Wawrinka, 19º favorito.

Leia tudo sobre: tênisaberto da AustráliaFedereratpsimon

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG