passeia em quadra, vence Murray e fica perto da semifinal em Londres - Tênis - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Federer passeia em quadra, vence Murray e fica perto da semifinal em Londres

O número 2 do mundo fez 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em uma hora e 16 minutos de jogo

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859581129&_c_=MiGComponente_C

Roger Federer foi muito superior ao tenista britânico Andy Murray, nesta terça-feira, na Arena O2, em Londres. O número dois do mundo venceu por 2 sets a 0 (6/4 e 6/2) e está isolado na liderança do grupo B do ATP Finals, com duas vitórias, e muito próximo da classificação às semifinais do torneio.

Já Murray tem o saldo de uma vitória e uma derrota. Ainda nesta terça-feira, Robin Soderling e David Ferrer fecham a rodada do grupo.

Apesar da vitória desta terça-feira, Federer ainda está em desvantagem nos confrontos com Murray. O suíço venceu seis vezes, enquanto o escocês conquistou oito triunfos.

Reuters
Federer passeou contra Andy Murray nesta terça no ATP Finals

O jogo
Mais fácil do que se poderia imaginar. Roger Federer não encontrou dificuldades para vencer Andy Murray na quadra londrina. O suíço começou pressionando o britânico desde o primeiro game do jogo, quando teve uma chance de quebra no serviço de Murray. A quebra, porém, veio no terceiro game.

O número 2 do ranking abriu 2 a 1 de vantagem e só administrou para fechar em 6/4 a primeira parcial. Durante toda a partida, Federer não foi ameaçado em seu saque. Murray não conseguiu sequer ter uma chance de quebra durante todo o duelo.

O segundo set foi ainda mais fácil para o suíço. Com duas quebras, Federer abriu 4 a 0 e dominava totalmente o confronto. Murray estava irreconhecível perto do que havia apresentado em sua estreia, na vitória diante de Robin Soderling. O escocês cometeu 26 erros não-forçados durante a partida, contra apenas dez do suíço.

Federer fechou a parcial em 6/2 e abriu boa vantagem no grupo B do ATP Finals. Na estreia, ele já havia vencido o espanhol David Ferrer por 2 a 0 (6/1 e 6/4).

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG