Suíço já havia caído na semifinal na chave de simples com uma derrota para o sérvio Novak Djokovic

O suíço Roger Federer não viveu uma boa jornada neste sábado. Depois de perder na semifinal de simples do Masters 1000 de Indian Wells para o sérvio Novak Djokovic, o tenista disputou a final do torneio de duplas ao lado do compatriota e amigo Stanislas Wawrinka, mas deu mole e perdeu mais uma, desta vez para o ucraniano Alexandr Dolgopolov e o belga Xavier Malisse, por 2 sets a 1 em parciais de 6/4, 6/7 (5) e 10-7.

A exemplo de Federer na partida contra Djokovic , a parceria helvética não apresentou um bom desempenho nos saques, e se conseguiu quebrar o saque do adversário por 11 ocasiões, cedeu a mesma chance ao rival por 13 vezes, o que comprova a superioridade do time concorrente.

Nem Wawrinka vinha em um bom momento, depois de ser derrotado pelo próprio Federer na fase quartas de final de simples, e o até então número 2 do mundo teve que suportar o cansaço da partida jogada poucos instantes antes e o fator psicológico abalado, um dos determinantes em sua derrota para o tenista sérvio.

Apesar disso, Dolgopolov e Malisse mostraram muito entrosamento e só tiveram um momento ruim durante toda a partida - na disputa do tie-break do segundo set, quando deixaram os rivais vencerem por 7-5. Depois, no terceiro set, a situação voltou ao normal e os suíços não conseguiram segurar a ofensiva rival, perdendo a decisão. O ucraniano e o belga dividirão US$ 200 mil em prêmios.

Tenitas posam com seus prêmios em Indian Wells. Federer fica apenas com um 2º lugar
AFP
Tenitas posam com seus prêmios em Indian Wells. Federer fica apenas com um 2º lugar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.