Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Federer pensa nas férias e troca elogios com Nadal

Suíço venceu o ATP Finals neste domingo, batendo o espanhol Rafael Nadal, seu grande rival no circuito

iG São Paulo |

Roger Federer guardou o que tinha de melhor para o fim da temporada. Pelo menos, é o que ele diz. Apesar de ter iniciado 2010 com o título do Aberto da Austrália, o que seria seu único Grand Slam no ano, o suíço apresentou um tênis de altíssimo nível em Londres, para conquistar seu quinto ATP Finals da carreira.

Estou realmente muito feliz. É ótimo poder terminar a temporada com estilo, jogando meu melhor tênis, guardando o que tinha de melhor para o fim do ano, afirmou o número 2 do ranking.

Neste domingo, Roger Federer precisou de 3 sets para vencer o número 1 do mundo, Rafael Nadal. Foi o único set perdido por Federer durante todo o torneio. Ganhar do Rafa na final faz o título ainda mais especial. Por tudo o que ele fez em 2010, falou Federer que fez 6/3, 3/6 e 6/1 no espanhol, na arena O2, em Londres.

A conquista marcou um novo recorde na carreira de Federer. O suíço igualou as marcas de Pete Sampras e Ivan Lendl com 5 títulos do ATP Finals. Claro que é fantástico. Ainda mais que foi o quinto título, mas no terceiro lugar diferente, disse o tenista que havia venciddo a competição em 2003 e 2004, em Houston, nos Estados Unidos, e em 2006 e 2007, em Xangai, na China.

Roger Federer só pensa em uma coisa neste momento: descanso. Questionado se precisa tomar cuidado com a alimentação nestes dias de férias, o suíço mostrou bom humor:

Posso comer biscoitos, fondue, tudo sem problemas. Sobremesas por dez dias seguidos. Que nem vocês, brincou com os jornalistas. Depois eu malho, com certeza. Agora, não sei se vocês malham também, disse para arrancar gargalhadas na sala de imprensa.

Além do novo recorde, a conquista do ATP Finals representou a Roger Federer mais 1500 pontos no ranking, além de aproximadamente R$ 2 milhões e 800 mil.

Nadal
Rafael Nadal não tem do que se lamentar. Apesar do vice-campeonato no ATP Finals, o espanhol afirmou após a derrota para Roger Federer que está orgulhoso da temporada. Foi um ano emocionante para mim. Tive vários momentos importantes. Joguei a temporada inteira com ambição e de forma muito competitiva, disse Nadal.

Sobre a derrota deste domingo para Federer, o número 1 do mundo elogiou o desempenho do adversário. Ele foi muito agressivo. O forehand dele estava incrivelmente bom hoje e o backhand também estava bom. Então, Roger fez tudo bem e foi melhor que eu, avaliou o espanhol, que segue sem nunca ter conquistado um ATP Finals na carreira. Roger é provavelmente o tenista mais completo do mundo, completou Nadal.

A semana do espanhol até garantir o direito de disputar a decisão do torneio da capital inglesa foi mais desgastante do que a de Federer. Mas, Nadal preferiu não falar em um eventual cansaço para não desmerecer a conquista do suíço.

Não é o melhor momento para falar sobre isso. Todo mundo sabe o que passei ontem (sábado). Todos são livres para julgar se eu estava cansado. Mas, não vou dizer que perdi por causa disso, disse o espanhol.

A relação entre Nadal e Federer é a melhor possível. Os amigos, inclusive, voltarão a se enfrentar em 2010 outras duas vezes. Vamos jogar duas exibições beneficentes. Uma em Zurique, para arrecadar dinheiro para a fundação de Roger, outra em Madri para a minha fundação, avisou Rafael Nadal.

Oficialmente, a temporada do espanhol está acabada. Sem torneios para disputar em 2010, Nadal, porém, não pode dizer que terá dias de descanso pela frente. Até a próxima segunda-feira vou trabalhar com meus patrocinadores, gravar comercial de TV. Depois começo a treinar. Essas serão as minhas férias (risos), falou o vice-campeão do ATP FInals.

 

Leia tudo sobre: tênis - atp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG