Em duas horas e 34 minutos, suíço venceu anfitrião por 3 sets a 0, parciais 6/4, 6/3 e 7/6 (7-3), no Aberto de Roland Garros

O duelo entre Roger Federer e Novak Djokovic está marcado. Os dois tenistas se enfrentarão nas semifinais do Aberto de Roland Garros. O suíço garantiu sua vaga ao derrotar o francês Gael Monfils, até então único anfitrião ainda vivo no torneio. Em duas horas e 34 minutos, Federer venceu por 3 sets a 0, parciais 6/4, 6/3 e 7/6 (7-3).

Roger Federer passou por Gael Monfils e fará seu quinto confronto com Novak Djokovic neste ano
EFE
Roger Federer passou por Gael Monfils e fará seu quinto confronto com Novak Djokovic neste ano
Federer enfrentará um descansado Djokovic, que não entra em quadra desde domingo, quando derrotou o francês Richard Gasquet. O sérvio se garantiu nas semifinais com a desistência do italiano Fabio Fognini, lesionado. Este será o quarto duelo entre Djokovic e Federer nesta temporada, sendo que o sérvio saiu vencedor de todos eles. Caso vença novamente, Nole será o novo número 1 do mundo.

Contra Monfils, o número 3 do mundo teve um começo irregular e, com uma dupla falta, perdeu seu serviço logo no segundo game. Com saques mais precisos, Federer imprimiu novo ritmo de jogo e dominou a quadra, devolvendo a quebra no sexto game. Sacando em 4/5, o francês perdeu o serviço e o set, que foi vencido por Federer.

No segundo set, amplo domínio de Federer. O suíço saiu em vantagem e abriu 3/0, mas viu Monfils reagir e devolver a quebra. O francês, no entanto, perdeu a cabeça com seus erros e, irritado, jogou sua raquete no chão.

No terceiro set, Federer jogou mais solto e se aproveitou dos erros de Monfils, que ainda lutou para se manter vivo na partida. O francês devolveu a quebra que havia sofrido no início da parcial e levou a decisão para o tie-break. No game decisivo, o suíço dominou Monfils e garantiu a classificação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.