Suíço passou sem problemas pelo argentino e agora vai enfrentar James Blake ou Fabio Fognini

selo

Depois de decepcionar na estreia no Masters 1000 de Montreal, Roger Federer se reabilitou nesta terça-feira com uma vitória contundente sobre o argentino Juan Martín Del Potro em seu primeiro jogo no Masters de Cincinnati, nos Estados Unidos. O suíço não deu chances ao rival e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5.

Federer vibra com vitória sobre o argentino Juan Martín Del Potro
AFP
Federer vibra com vitória sobre o argentino Juan Martín Del Potro
A vitória teve sabor de vingança para Federer, que vinha de duas derrotas seguidas para Del Potro, ambas em 2009. A mais dolorosa aconteceu na final do Aberto dos EUA, quando o argentino faturou seu único título de Grand Slam.

Escaldado pela queda precoce no Canadá, na semana passada, Federer entrou em quadra mais atento nesta terça. O suíço mostrou maior movimentação e agressividade nas trocas de bola. Registrou ao 35 bolas vencedoras, contra 20 do adversário.

Também foi mais eficiente no saque. Cravou 12 aces e aproveitou 83% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Desta forma, Federer só teve o saque ameaçado em uma oportunidade, não aproveitada por Del Potro no segundo set. O argentino, por sua vez, perdeu o serviço por duas vezes, uma em cada parcial. Sem conseguir acompanhar o ritmo do suíço, Del Potro cedeu a vitória após 1h32min de jogo.

Nas oitavas de final, o número três do mundo vai enfrentar o vencedor do confronto entre o americano James Blake, algoz do cipriota Marcos Baghdatis na estreia, e o italiano Fabio Fognini.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.