Tamanho do texto

Suíço precisou de apenas 50 minutos para vencer Philipp Kohlschreiber e manter a supremacia sobre os tenistas alemães

Se você é um tenista alemão, evite jogar com Roger Federer, pois nos últimos 47 duelos o suíço saiu vencedor. O último triunfo aconteceu nesta terça-feira, pela segunda rodada do Masters 1000 de Monte Carlo, na estreia do suíço sobre Philipp Kohlschreiber, 32º do mundo, por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/1.

Desde a derrota para Nicolas Kiefer, nas semifinais de Halle, em 2002, Federer não sabe o que é perder para um tenista nascido na Alemanha. Desta vez, em apenas 50 minutos, despachou Kohlschreiber graças a cinco aces e três quebras de serviço, mantendo o 100% de aproveitamento sobre o rival após seis partidas.

Federer arrasa Philipp Kohlschreiber em menos de uma hora na estreia em Monte Carlo
afp
Federer arrasa Philipp Kohlschreiber em menos de uma hora na estreia em Monte Carlo

O adversário das oitavas de final está indefinido, mas sairá do confronto entre o croata Marin Cilic e o vencedor do duelo entre o espanhol Pere Riba e o italiano Potito Starace, ainda pela primeira rodada.

Com muito mais dificuldades que Federer, o espanhol Feliciano Lopez conseguiu bater o sérvio Janko Tipsarevic, após 2h24min de batalha. Por 2 a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6, ele ganhou o direito de disputar uma vaga nas oitavas de final com o espanhol David Ferrer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.