Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Fã de Ronaldinho, irmão de algoz de Federer é coadjuvante em Santos

Gerald Melzer, nascido em 1990, é nove anos mais novo que Jurgen. Ele conciliou o tênis e o futebol até os 13

Gazeta Esportiva |

EFE
Jurgen Melzer sofreu com dores nas costas, mas bateu Roger Federer em Monte Carlo
Atual oitavo colocado no ranking mundial, o austríaco Jurgen Melzer eliminou o suíço Roger Federer nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, disputado na semana passada. Gerald Melzer, irmão mais novo do algoz do ex-número 1 do mundo, é fã do meia Ronaldinho Gaúcho e disputa o Challenger de Santos como coadjuvante.

Eliminado na segunda rodada do qualifying de simples no litoral paulista, ele participa da chave principal de duplas ao lado do brasileiro José Pereira. Ambos se conheceram no Challenger de Blumenau, realizado na semana passada, e, como estavam sem parceiros, resolveram jogar juntos.

Em uma quadra secundária do Tênis Clube de Santos, Gerald Melzer e José Pereira estrearam com vitória sobre a dupla formada pelo brasileiro Marcos Daniel ao lado do português Leonardo Tavares. Na próxima rodada, enfrentam Tiago Lopes, mais um brasileiro, e Tsung-Hua Yang, de Taiwan.

"Ser irmão do Jurgen com certeza ajuda muito em alguns sentidos, mas às vezes é um pouco irritante ficar sendo perguntado sobre ele o tempo todo. Se alguém escuta o sobrenome Melzer, sempre me pergunta sobre o meu irmão. Mas tudo bem, eu tenho orgulho dele", declarou.

Gerald Melzer, nascido em 1990, é nove anos mais novo que Jurgen. Ele conciliou o tênis e o futebol até os 13, quando resolveu apostar na modalidade individual. Com três títulos de future em três finais disputadas, ocupa o 437º lugar do ranking mundial. Entre os austríacos, é o nono, mas os oito melhores são mais velhos do que ele.

Até os 13 anos de idade, Gerald Melzer dividiu seu tempo entre o tênis e o futebol. Apesar de não conhecer os principais clubes brasileiros, ele se diz admirador de Ronaldinho Gaúcho.

"Todo mundo conhece os jogadores brasileiros, mesmo na Áustria. Meu jogador brasileiro favorito é o Ronaldinho, principalmente pelo que fez na época em que jogava pelo Barcelona", afirmou.

Antes de chegar a Santos, ele disputou o Challenger de Blumenau, cidade com significativa influência germânica. "Blumenau é um pouco alemã, gostei muito. Eu realmente gostei do Brasil e das pessoas", afirmou Melzer, que visita o país pela primeira vez.

"Quero chegar no top 100 e acho que tenho capacidade para entrar nesse grupo. O ano passado foi muito bom para mim. Estou treinando duro e espero dar um próximo passo em 2011. Quero jogar mais challengers e qualis de ATP agora, mas se não der certo tenho que disputar alguns futures para conseguir pontos", explicou.

Como estão permanentemente em ação no circuito e ainda não disputam os mesmos torneios, os dois irmãos se vêem apenas durante poucas semanas ao longo do ano. Ainda assim, os Melzer mantêm contato constante e Gerald aproveita para tirar algumas dúvidas.

"Nós conversamos todos os dias e eu peço alguns conselhos. Ele me ajuda muito", afirmou. Questionado se é parecido com o irmão dentro da quadra, o jovem deu risada. "Alguns golpes são bem semelhantes, mas somos um pouco diferentes", explicou o tenista.

Dono de três títulos em simples e 10 em duplas, inclusive Wimbledon-2010, Jurgen Melzer perdeu a semifinal de Roland Garros-2010 diante do espanhol Rafael Nadal. Gerald pensou em viajar até Paris para acompanhar a partida, mas disputava uma competição ao mesmo tempo.

Ainda em início de carreira, o jovem acredita na possibilidade de ver o irmão em uma decisão de Grand Slam de simples. "Ele acabou de vencer o Roger Federer. Não acho que é fácil bater o Rafa em Roland Garros, mas o Jurgen pode disputar a semifinal de novo ou talvez a final", apostou.

A exemplo de irmãos como os norte-americanos Mike e Bob Bryan e os britânicos Andy e Jamie Murray, Gerald e Jurgen Melzer já disputaram a chave de duplas de alguns torneios. No ATP 250 de Vienna-2010, ambos atuaram juntos pela última vez. Antes disso, foram campeões do Challenger de Graz-2008.

Leia tudo sobre: melzeratp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG