Evento faz parte da promoção do Masters 1000 de Indian Wells, torneio que começa nesta quinta-feira

O tradicional ginásio do Madison Square Garden, em Nova York, abriu espaço para o tênis na noite de segunda-feira nos Estados Unidos. Em quadra, ex-líderes do ranking mundial e muita brincadeira. No primeiro jogo, a russa Maria Sharapova venceu a dinamarquesa Caroline Wozniacki , mas perdeu um ponto para o namorado da rival. Depois, o norte-americano Andy Roddick acabou com a freguesia para o suíço Roger Federer.

Ex-número um da WTA, Wozniacki, atual quarta colocada no ranking , e caiu diante da vice-líder por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em um jogo marcado pela descontração das duas tenistas. O golfista irlandês Rory McIlroy, namorado de Wozniacki, acompanha a partida das arquibancadas e foi chamado à quadra pela tenista.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atual líder do ranking de golfe atendeu ao pedido e, com a raquete da namorada, "ganhou" de Sharapova no único ponto que travou com a russa. O fato rendeu uma brincadeira da dinamarquesa na entrevista concedida ainda na quadra do Madison Square Garden. "Ele está 100% contra Maria", disse.

Reconhecimento: Com 75% dos votos, Gustavo Kuerten entra para o Hall da Fama do tênis

Depois, foi a vez dos homens, com vitória de Andy Roddick sobre Roger Federer também por 2 a 0, com 7/5 e 7/6 (9/7). O norte-americano é um dos maiores fregueses do suíço no circuito profissional. Federer acumula 21 vitórias em 23 duelos contra o rival, mas Roddick aproveitou o feito no Madison Square Garden para provocar.

Convite negado: Por Olimpíada, Federer diz 'não' a Nadal para jogo no Bernabéu

"Era isso que eu precisava fazer estes anos todos para vencer você?", brincou Roddick, após a vitória com direito a jogada pelo meio das pernas ao estilo do espanhol Rafael Nadal, outro grande rival de Federer.

Leia também: Del Potro e Ferrer sobem, e Bellucci se segura no top 50 da ATP

Roddick ainda destacou que contou com a torcida ilustre de Jeremy Lin , novo fenômeno da NBA , no qual defende o time de basquete do New York Knicks . "Eu acho que Jeremy Lin queria que eu vencesse hoje (segunda)", afirmou.

Os jogos de exibição fazem parte da promoção do Masters 1000 de Indian Wells, que começa na quinta-feira. Este será o primeiro torneio desta grandeza na temporada.

*com Agência Estado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.