Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Envergonhado com derrota, Djokovic diz que fez pior jogo do ano

Número 1 do mundo não ofereceu resistência ao espanhol David Ferrer nesta quarta em Londres

Felipe Rocha, especial para o iG, em Londres |

AP
Djokovic fica inconformado com a sua atuação contra Ferrer
Após a derrota para o espanhol David Ferrer, nesta quarta-feira, em Londres, pela segunda rodada do grupo A do ATP Finals, Novak Djokovic não escondeu sua decepção com o resultado. Se a temporada do sérvio beira a perfeição, com dez títulos conquistados sendo três Grand Slams, o número 1 do mundo foi taxativo para descrever seu desempenho.

“Eu simplesmente não estive lá (em quadra). Foi a minha pior partida na temporada, de longe. Talvez seja por causa do fim do ano, talvez seja por eu não ter me sentido bem no jogo, não sei. O fato é que preciso aceitar a derrota”, resumiu Djokovic, após sofrer apenas seu quinto revés em 2011.

Leia mais sobre o ATP Finals de Londres

Apesar do resultado negativo, o líder do ranking segue com chances de classificação às semifinais do ATP Finals. Novak Djokovic terá pela frente seu compatriota Janko Tipsarevic, nesta sexta-feira.  “Se eu não jogar pelo menos 50% melhor do que hoje não terei nenhuma chance. Tenho vergonha de olhar minhas estatísticas desta noite. Mas, sempre esperamos algo melhor para o amanhã”, disse.

O sérvio ainda admitiu que a decisão de defender seu país na Copa Davis diante da Argentina, em setembro, logo após o título do Aberto dos Estados Unidos, pode ter sido equivocada. Com dores nas costas, ele abandonanaria a partida diante de Juan Martin Del Potro e, agora, avalia que poderia ter usado o período para descansar.

“Talvez tenha sido um erro, eu não estava me sentindo bem, estava machucado. Mas, foi a minha decisão e, às vezes, jogo com o coração. De vez em quando, talvez seja melhor pensar com a cabeça”, afirmou.

Leia tudo sobre: ATP FinalsNovak Djokovic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG