Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Em dia de recordações, Guga recebe nomeação para o Hall da Fama

Imagens da vitoriosa carreira do tenista brasileiro marcaram a cerimônia ocorrida nesta quinta-feira

Marcelo Laguna, iG São Paulo |

Gustavo Kuerten entrou nesta quinta, literalmente, para a história do tênis mundial. O maior tenista do Brasil em todos os tempos passou a integrar o Hall of Fame & Museum, localizado nos EUA. Guga é o segundo brasileiro a integrar a entidade, repetindo o feito de Maria Esther Bueno, nomeada em 1970. A cerimônia oficial ocorrerá no dia 14 de julho, na cidade de Newport, onde está localizada a sede do Hall da Fama.

Leia também: Guga alcança 75% dos votos e entra para o Hall da Fama do tênis

"O Hall da Fama é dedicado somente aos maiores tenistas da história do esporte. É o maior reconhecimento que um teniosta pode receber. Hoje estamos aqui para celebrar um dos maiores atletas da historia do Brasil", disse Christopher Clouse, diretor do Hall da Fama, ao anunciar a nomeação de Guga.

Veja também: "Ajudei a mostrar que o tenista é uma pessoa comum”, diz Guga

"Tenho que confessar que após tantos anos no tênis, não sabia que existia um Hall da Fama e não estava nas minhas expectativas passar a integrá-lo um dia. É uma honra chegar a um lugar onde estão algumas das maiores lendas do tênis", disse Guga, que ainda fez questão de elogiar Maria Esther Bueno, presente ao evento. "Ela, Thomaz Koch e muitos outros serviram de inspiração para mim".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Durante o evento, que foi transmitido ao vivo para os EUA, foi passado um vídeo relembrando alguns dos melhores momentos da carreira de Gustavo Kuerten, como os três títulos em Roland Garros e também em sua vitória na decisão da Masters Cup da Corrida dos Campeões, em 2000, em Lisboa (Por), quando assumiu a condição de número um do mundo. Em vários momentos, o ex-tenista ficou emocionado ao ver as imagens.

AE
Gustavo Kuerten brinca com os jornalistas, durante o evento de sua nomeação para o Hall da Fama do tênis

O Hall da Fama começou em 1954 e 220 jogadores já foram nomeados, entre eles algumas das lendas do tênis mundial, como Bjon Borg, John McEnroe, Ivan Lendl, Steff Graf, Arthur Ashe, Jimmy Connors, Pete Sampras e Andre Agassi. Entre os sul-americanos, fazem parte da entidade, além de Maria Esther, os argentinos Guillermo Villas e Gabriela Sabatini, o equantoriano Pancho Segura e o peruano Alex Olmedo. Neste ano, também serão nomeados o ex-tenista espanhol Manoel Orantres, o promotor de eventos de tênis Mike Davies e o tenista cadeirante americano Randy Snow.

Leia tudo sobre: gustavo kuertengugahall da fama

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG