Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Em 3 sets, Nadal vence batalha contra Murray e está na final do ATP Finals

O número 1 do mundo fez 7/6 (5), 3/6 e 7/6 (6), neste sábado, em Londres, e está a uma vitória do título inédito. O vencedor entre Federer e Djokoivc será o adversário na decisão

iG São Paulo |

Rafael Nadal e Andy Murray fizeram um grande jogo. O espanhol venceu por 2 sets a 1 , neste sábado, na Arena O2, em Londres. Com parciais de 7/6 (5), 3/6 e 7/6 (6), em três horas e 11 minutos, o espanhol garantiu vaga na final do ATP Finals pela primeira vez em sua carreira.

O adversário de Nadal será conhecido ainda neste sábado. Roger Federer e Novak Djokovic se enfrentam às 18h de Brasília.

O jogo
Foi um primeiro set de excelente nível técnico. Não houve quebras de serviços. Aliás, durante toda a primeira parcial, Rafael Nadal só perdeu sete pontos quando sacou, enquanto Andy Murray apenas não pontuou oito vezes em seu saque.

Com os serviços bem aproveitados por ambos os tenistas, o set só poderia ser definido no tie-break.  Murray começou bem o game de desempate com um saque vencedor. Foram 9 aces do britânico só no primeiro set, contra apenas dois de Nadal. Mas, o espanhol conseguiu a primeira mini-quebra do tie-break no quarto ponto, abrindo vantagem de 3 a 1. O escocês, apoiado pela maioria da torcida em Londres, devolveu o mini-break no décimo ponto, empatando em 5 a 5, após longa troca de bolas. Porém, na primeira oportunidade que teve para fechar o set, Rafael Nadal mostrou quem é o atual melhor do mundo. O espanhol agrediu o segundo saque de Murray, foi para a rede e, com um voleio curto, fechou o tie-break em 7 a 5, em 59 minutos de jogo.

O segundo set começou com Nadal confirmando o serviço facilmente. Já Murray teve muito trabalho para confirmar o seu primeiro saque. O britânico precisou sair de um 15 a 40, antes de empatar a parcial em 1 a 1, vibrar muito e mostrar que seguia vivo na partida.

No sétimo game da parcial, o escocês conseguiu a primeira quebra do jogo. E foi duro conquistá-la. Rafael Nadal se recuperou no game após sair em desvantagem de 0 a 40. Mas, na quarta chance de quebra, Murray, enfim, fez 4 a 3.

O espanhol acusou o golpe. E nos dois games seguintes, Murray dominou totalmente os pontos, fechando o set em 6 a 3, em nova quebra de saque. A parcial teve 51 minutos de duração.
 
Andy Murray iniciou bem o set decisivo, fechando com novo saque vencedor o primeiro game. Durante todo o jogo, o tenista da casa aplicou 22 aces, contra 4 de Rafael Nadal. Os números mais favoráveis ao escocês foram no total das bolas vencedoras: 53 de Murray e 32 de Nadal, neste sábado.

Números, porém, insuficientes para que Murray saísse de quadra vencedor. Nadal conseguiria quebrar o saque do britânico no terceiro game do terceiro set. Após Murray desperdiçar duas oportunidades para confirmar o game, tentou surpreender ao sacar e subir para a rede, levou a passada e perdeu o serviço: 2 a 1, Nadal.

Com a vantagem construída, Rafael Nadou teve a chance de fechar o jogo quando sacou em 5 a 4. Mas, Andy Murray queria jogo. Em uma passada de esquerda sensacional, o escocês devolveu a quebra, fazendo 5 a 5.

No game seguinte, Nadal teve uma oportunidade de quebra. Mas, com um saque vencedor de 220 km/hora, Murray evitou o pior, confirmou o game e jogou a pressão para o outro lado da quadra.

O número 1 do mundo parece de gelo nestas horas. Sacou bem e levou o jogo para novo tie-break.

Com duas mini-quebras logo de cara, Murray abriu 3 a 0 no desempate. Mas, Nadal deu o troco rapidamente empatando em 4 a 4. O clima era de total tensão na quadra e nas arquibancadas da arena. Sem novas mini-quebras, Rafael Nadal abriu 6 a 5 em excelente bola no contra-pé de Murray, que foi ao chão. Murray ainda empatou novamente o tie-break, antes de conceder nova oportunidade de matar o jogo para o espanhol. Desta vez, no saque de Nadal. O número 1 foi brilhante para fechar a partida, após linda troca de bolas, com uma esquerda cruzada indefensável: 8  a 6 no tie-break, após uma hora e 21 minutos apenas de terceiro set.

Fim da batalha, Rafael Nadal está pela primeira vez na final de um ATP Finals.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG