Confronto pela segunda rodada do ATP Finals será o vigésimo sexto entre os tenistas

AFP
Federer ainda vai enfrentar Rafael Nadal na primeira fase do ATP Finals
Não vale taça, não garante vaga na decisão do torneio e quem perder ainda segue vivo na competição: o duelo entre Rafael Nadal e Roger Federer nesta terça-feira, em Londres, é uma raridade na carreira dos tenistas mais vitoriosos da atualidade.

Leia mais: Federer recebe troféus de favorito dos fãs e conduta mais limpa

Acostumados a se encontrar apenas em momentos decisivos, os dois medem forças a partir das 18h (horário de Brasília) pela segunda rodada do grupo B do ATP Finals. Ambos estrearam com vitória na capital inglesa e, independentemente do resultado de hoje, ainda terão chances de classificação às semifinais do torneio.

Confira ainda: Após derrota, Murray alega dores e cogita abandonar ATP FInals

“Vai ser um grande desafio para mim. Ele vem jogando um tênis fantástico, ganhou os dois últimos torneios (Basileia e Masters 1.000 de Paris) e vai ser um jogo muito complicado”, afirmou Nadal.

Nadal admite dor de barriga em duelo contra Tsonga

O espanhol é o atual número 2 do ranking, enquanto Federer ocupa a quarta colocação. Como o ATP Finals evita somente que líder e vice-líder fiquem na mesma chave, abriu a possibilidade de um encontro precoce entre os atletas que fizeram a final da última edição do torneio.

Veja as opções turísticas do público que prestigia o evento em Londres

“Estou me sentindo muito bem dentro de quadra, confiante nas minhas decisões durante os jogos e espero poder continuar desta forma até o fim da semana”, disse Roger Federer, após a vitória diante de Jo-Wilfried Tsonga, no último domingo.
Nadal enfrenta o rival Federer nesta terça-feira em Londres
AFP
Nadal enfrenta o rival Federer nesta terça-feira em Londres


Este será o vigésimo sexto confronto entre Nadal e Federer, com ampla vantagem do espanhol: foram 17 vitórias de Nadal contra oito do suíço. Destes duelos, apenas o primeiro, disputado em 2004, não foi válido por uma semifinal ou final de campeonato. Na oportunidade, Nadal tinha 17 anos e derrotou o rival por 2 sets a 0, pela terceira rodada do Masters de Miami, nos Estados Unidos.

Em 2011, será a quarta partida entre os tenistas, com cem por cento de aproveitamento de Rafael Nadal até agora: vitórias em Miami, Madri e Roland Garros. O último triunfo de Federer sobre o número 2 do mundo foi justamente na decisão do ATP Finals do ano passado, no mesmo local da partida desta terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.