Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Djokovic sofre, mas vence na estreia na Basileia

Sem jogar desde seu abandono na semifinal da Copa Davis, Novak Djokovic sofreu em seu retorno às quadras nesta terça-feira

AE |

selo

AP
Novak Djokovic vibra durante vitória sobre belga Xavier Malisse na Basileia
Sem jogar desde seu abandono na semifinal da Copa Davis, Novak Djokovic sofreu em seu retorno às quadras nesta terça-feira. Recuperado de uma lesão nas costas, o sérvio precisou de duas horas e 12 minutos e três sets para superar o belga Xavier Malisse por 6/2, 4/6 e 7/5, pela rodada de abertura do ATP 500 da Basileia.

Na segunda rodada, o número 1 do mundo e principal favorito ao título na Suíça vai enfrentar o vencedor do duelo entre o alemão Tobias Kamke e o polonês Lukasz Kubot. Ambos furaram o qualifying.

Após ficar de fora do Torneio de Pequim e do Masters de Xangai, Djokovic mostrou bom humor em sua volta ao circuito. O sérvio entrou em quadra nesta terça vestindo uma máscara de Dia das Bruxas, em referência à data celebrada na segunda-feira. 

Mas o ritmo dentro de quadra não acompanhou seu conhecido bom humor. Djokovic começou bem a partida, mostrando eficiência no saque e aproveitando os vacilos do rival. No entanto, caiu de rendimento na segunda parcial. Foi irregular no serviço e sofreu uma quebra. Malisse empatou o jogo sem ter o saque ameaçado. 

Djokovic manteve a oscilação no terceiro set, o mais equilibrado da partida. Com ligeira superioridade, o sérvio chegou a sacar para o jogo, mas teve o serviço quebrado mais uma vez. Malisse, contudo, não aproveitou a chance e viu o número 1 faturar nova quebra, encaminhando a vitória.

Ainda nesta terça, o italiano Andreas Seppi avançou no torneio apesar dos 23 aces registrados por Gilles Muller, de Luxemburgo. Seppi venceu o duelo por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 6/7 (5/7) e 6/2.

Leia tudo sobre: ATP 500 da BasileiaNovak Djokovic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG