Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Djokovic: "Farei todo o possível para me recuperar para amanhã"

Sérvio teve que enfrentar uma longa batalha contra Murray e agora vai enfrentar Rafael Nadal

EFE |

O sérvio Novak Djokovic, segundo no Ranking da ATP, assegurou neste sábado que fará todo o possível para se recuperar para o jogo de amanhã, no qual medirá forças com o espanhol Rafael Nadal na final do Masters 1000 de Roma.

Após uma partida extenuante de semifinal contra o britânico Andy Murray (4) que durou três sets e pouco mais de três horas, o sérvio destacou que "fisicamente" o tenista espanhol é o mais forte. Djokovic admitiu que não terá muito tempo para essa recuperação, pois o jogo acontece às 16h15 (hora local, 11h15 de Brasília) deste domingo, mas explicou que tentará descansar o máximo possível.

Sobre o confronto com Murray, o sérvio assinalou que foi uma partida "muito igualada" e que foi "fantástico" poder participar dela. Além disso, elogiou o tenista escocês, de quem disse que tinha "jogado muito bem", especialmente no segundo set, quando Murray fechou o set.

"Tive que ganhar meus pontos", assegurou Djokovic, que enfrenta sua terceira final no Masters de Roma, a segunda contra Nadal, a primeira foi em 2009, com vitória do espanhol. O tenista de Belgrado já sabe o que é vencer em Roma já que em 2008, a única nos últimos seis anos na qual Nadal não foi o vencedor, conseguiu ser campeão sobre o suíço Stanislas Wawrinka.

Leia tudo sobre: atpdjokovic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG