Tamanho do texto

Sérvio não teve dificuldades para fazer 2 sets a 0, com 6/0 e 6/3, no polonês Lukasz Kubot e chegar à 33ª vitória seguida no ano

AP
Novak Djokovic precisou de apenas uma hora e sete minutos para despachar Lukasz Kubot em Roma
Novak Djokovic não deu espaço para o azar em sua estreia no Masters 1000 de Roma. Sem maiores dificuldades e com direito a um ‘pneu’, o sérvio derrotou o polonês Lukasz Kubot, número 141 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3, em uma hora e sete minutos. Foi a 33ª vitória consecutiva do vice-líder do ranking da ATP, que segue invicto nesta temporada.

O primeiro set foi simplesmente arrasador. Agressivo, Djokovic não deixou Kubot jogar e venceu 25 dos 34 pontos disputados nesta parcial. Apesar de não forçar tanto o saque – não registrou nenhum ace –, o sérvio teve aproveitamento de 72% dos pontos disputados quando serviu.

Mas foi justamente quando a bola estava com o polonês, que a diferença entre os atletas ficou evidente. Não importa onde ou como Kubot sacava, Djokovic respondia e bem. Com três quebras, o sérvio fechou o set em 6/0.

A segunda parcial ganhou em equilíbrio, mas nada que fosse suficiente para o tenista da Polônia. Seu rendimento melhorou, ele conseguiu encaixar boas bolas e pontuar, mas esteve longe de derrubar o serviço de Djokovic. O sérvio, por sua vez, precisou de apenas uma quebra para fazer 6/3 e fechar o confronto.

O adversário de “Nole” nas oitavas de final do Masters italiano sairá do duelo entre o suíço Stanislas Wawrinka e o italiano Filippo Volandri.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.