Sérvio segue em busca de seu primeio título do Grand Slam inglês. Ele foi semifinalista em 2007 e 2010

O sérvio Novak Djokovic espantou a grande zebra de Wimbledon nesta quarta-feira. Apesar de ter se complicado em certos momentos do jogo, o número dois do mundo eliminou o australiano Bernard Tomic nas quartas de final por 3 a 1, com parciais de 6/2, 3/6, 6/3 e 7/5. O próximo adversário de "Djoko" na grama inglesa será o francês Jo-Wilfried Tsonga, que passou pelo suíço Roger Federer de virada .

Qualifier , Tomic foi a grande sensação da grama londrina, eliminando o russo Nikolay Davydenko, o russo Igor Andreev, o belga Xavier Malisse e o quinto do mundo Robin Soderling no caminho às quartas de final. Os pontos ganhos na Inglaterra melhorarão bastante seu ranking (antes de Wimbledon, ele era o 158º da Associação dos Tenistas Profissionais).

Por pouco a zebra não foi maior. Ele venceu o segundo set por 6/3 e chegou a ter uma quebra de vantagem no terceiro, mas Djokovic retomou seu bom jogo e conquistou a 46ª vitória da temporada.

Ele busca seu primeiro Grand Slam fora da Austrália, onde é bicampeão. Em Wimbledon, seus melhores resultados são as semifinais de 2007 e 2010.

*com GE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.