Sérvio venceu por 3 sets a 0 em uma hora e 41 minutos e agora encara Bernard Tomic, de 18 anos

O sérvio Novak Djokovic passou sem maiores problemas pelo francês Michael Llodra, algoz do brasileiro Ricardo Mello em Wimbledon , e alcançou as quartas de final do Grand Slam londrino. O tenista de Belgrado venceu por 3 sets a 0, com triplo 6/3, em uma hora e 41 minutos de disputa.

Nas quartas de final, Djokovic terá pela frente a revelação australiana Bernard Tomic, de 18 anos, responsável pela eliminação do sueco Robin Soderling na terceira rodada. Nesta segunda-feira, ele derrotou o belga Xavier Malisse em sets diretos para avançar de fase. O confronto entre os dois é inédito pelo circuito profissional.

Para derrotar Llodra nesta segunda-feira, Djokovic jogou de forma segura, tentando explorar os pontos fracos do estilo de saque e voleio adotado pelo francês. O sérvio conseguiu quebrar o serviço de seu adversário em quatro oportunidades e em nenhum momento teve seu saque ameaçado.

Llodra foi à rede 54 vezes na partida, mas conseguiu vencer apenas 48% dos pontos. Djokovic, que costuma jogar no fundo de quadra, conquistou 15 dos 19 pontos em que subiu para volear.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.