Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Djokovic bate Monfils, e decisão da Davis vai para quinta partida

Sérvio aplica 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/2 e 6/4, no francês e faz 2 a 2 na final da competição entre países

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854622509&_c_=MiGComponente_C

Novak Djokovic mais uma vez fez valer seu favoritismo, derrotou Gael Monfils e manteve a Sérvia viva na decisão da Copa Davis. Jogando na lotada Arena Belgrado, o tenista da casa não deu a mínima chance para o rival e venceu por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/2 e 6/4, em duas horas e 14 minutos. Desta forma, a 111ª edição da competição entre países será decidida no duelo entre Viktor Troicki e Michael Llodra.

AFP
Número 3 do mundo, Djokovic venceu suas duas partidas na decisão da Copa Davis

Desde 2006, quando a Rússia superou a Argentina, que a disputa não ia para o quinto confronto. A Sérvia luta pro seu primeiro título ¿ o país está também em sua primeira final. Já a França busca seu 10º troféu e, com isso, se isolar como terceiro maior campeão da história da Davis. Estados Unidos, com 32 conquistas, e Austrália, com 28, são os maiores vencedores. Ao lado dos franceses, a Grã-Bretanha ganhou nove vezes.

Assim como havia feito na sexta-feira, quando bateu Simon também por 3 a 0, Djokovic foi soberano em todos os momentos da partida. O que prometia ser um confronto equilibrado durou apenas quatro games no primeiro set, tempo necessário para o sérvio quebrar pela primeira vez o serviço de Monfils. No segundo, o francês resistiu até o sexto game.

Precisando vencer para se manter vivo na partida, Monfils chegou a quebrar o saque do anfitrião duas vezes no terceiro set. O francês não contava, porém, que o inspirado Djokovic devolvesse as quebras nos games seguintes. O duelo seguiu igual até o nono game, quando o sérvio quebrou pela terceira vez o serviço do francês e fechou o confronto.

Esta foi a sexta vitória de Djokovic, terceiro colocado do ranking da ATP, sobre Monfils, 12º do mundo, em seis jogos entre os tenistas. Em 2010, ambos haviam se encontrado nas quartas de final do Aberto dos Estados Unidos, com triunfo de 3 a 0 para o sérvio.

AFP
Vitória deste domingo foi a sexta de Djokovic sobre Monfils em seis confrontos

O jogo
Djokovic começou a partida mostrando agressividade. Foi assim que ele atropelou Monfils logo no primeiro game e converteu seu serviço. Com um pouco mais de dificuldade, mas também com bom saque, o francês logo empatou o jogo.

Monfils, porém, não teve a mesma sorte em seu segundo serviço, no quarto game. Com uma série de erros e diante da pressão da torcida sérvia, ele teve seu saque quebrado. Djokovic, por sua vez, foi eficiente durante toda a parcial e, ao conseguir nova quebra no oitavo game, fechou em 6/2.

O equilíbrio do segundo set durou mais tempo que no primeiro, mas o resultado foi o mesmo. Empurrado pelos torcedores, Djokovic manteve todos seus serviços e conseguiu quebrar o saque de Monfils no sexto game. Foi a deixa para o lado psicológico do francês ceder. Com nova quebra no oitavo, a parcial foi finalizada em novo 6/2.

O terceiro set era de tudo ou nada para Monfils e ele partiu para cima de Djokovic. Ambos confirmaram seus primeiros serviços e o francês quebrou o saque do sérvio pela primeira vez na partida no game seguinte. Iniciou-se aí uma sequência de quebras. Foram duas de Monfils, que fez com que Djokovic se descontrolasse, e três do sérvio. Após gritar muito consigo mesmo, quebrar uma raquete e ser vaiado, o número 3 do mundo se recuperou e fechou a partida em 6/4.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG