Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Derrotado no jogo decisivo, Del Potro comemora boa atuação contra Nadal

"Fiz uma grande partida e me senti perto de vencer", disse o tenista argentino, 11º no ranking ATP

EFE |

Número um da argentina e 11 do mundo, o tenista Juan Martín del Potro, que voltou ao circuito neste ano, após uma grave lesão no punho, evitou fazer planos para 2012, mas comemorou o fato de ter jogado de igual para igual com o espanhol Rafael Nadal neste domingo, em partida válida pela final da Copa Davis.

Del Potro foi derrotado por 3 sets a 1, com parciais de 1-6, 6-4, 6-1 e 7-6(0), e a Argentina perdeu por 3 a 1 no confronto com a Espanha , disputado em Sevilla. Mesmo assim, o atleta se mostrou feliz com a própria atuação. "Acabo de perder a final, e ainda falta muito para o ano que vem. Mas senti que estive perto de vencer Nadal", declarou 'Delpo', que disse ter entrado em quadra muito motivado para bater o número dois do ranking da ATP.

"Tudo me motivou no jogo final. A torcida, os companheiros e eu mesmo. No quarto set, Rafa dominava muito, e eu sabia que poderia ser o último set. O que me restou de energia eu tinha que colocar na quadra, e por isso pude dar essa última entrega que se viu. Fiz uma grande partida e me senti perto de vencer", acrescentou o tenista de 23 anos.

Del Potro teve a chance de levar a melhor no quarto set no décimo game, mas permitiu que o espanhol fizesse 5-5. No tie break, o atleta da casa fez 7 a 0 e garantiu o título para seu país. "Saquei para ganhar o set, mas Rafa elevou seu nível nesse momento. No desempate, ele abriu uma vantagem que para mim se tornou muito difícil", comentou.

Leia tudo sobre: teniscopa davisdel potro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG