Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Derrota de Verdasco define oito integrantes das Finais da ATP

Tomas Berdych, David Ferrer e Andy Roddick garantiram suas vagas em Londres com queda do espanhol em Paris

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860118744&_c_=MiGComponente_C

A eliminação de Fernando Verdasco nas oitavas do Masters 1000 de Paris definiu todos os integrantes das Finais da ATP, torneio que será realizado em Londres e reunirá os oito melhores tenistas da temporada. Com a queda do espanhol, Tomas Berdych, David Ferrer e Andy Roddick asseguraram suas vagas.

O mais beneficiado com a derrota de Verdasco foi Roddick. Embora as chances do espanhol em conseguir um lugar em Londres fossem pequenas, o norte-americano vinha jogando pressionado em Paris. Uma eliminação precoce poderia significar a ausência das Finais. Agora, o Masters francês serve apenas para serem definidas as posições dos atletas.

Roger Federer e Novak Djokovic, que brigam pelo segundo lugar na lista da ATP, também já estavam classificados para as Finais, assim como Andy Murray e Robin Soderling. Todos eles seguem vivos na disputa do Masters da França.

Já garantido na liderança do ranking mundial e único que não atuou no último mês, Rafael Nadal vem se recuperando de dores no ombro esquerdo e deve estar em plenas condições físicas na Inglaterra.

Confira as pontuações dos oito melhores tenistas de 2010 (números de antes do Masters 1000 de Paris):

1. Rafael Nadal (ESP) 11.450 pontos
2. Roger Federer (SUI) 7.375
3. Novak Djokovic (SER) 5.635
4. Andy Murray (GBR) 5.270
5. Robin Soderling (SUE) 4.470
6. Tomas Berdych (RCH) 3.755
7. David Ferrer (ESP) 3.735
8. Andy Roddick (EUA) 3.575

Entenda a pontuação do Masters 1000 e o ranking da ATP:

O ranking que define os oito participantes das Finais da ATP leva em conta somente os resultados dos tenistas na atual temporada. Este difere da lista de entradas, que contabiliza a pontuação das últimas 52 semanas.

O Masters 1000 de Paris renderá 90 pontos para os eliminados nas oitavas de final, 180 para os que caírem nas quartas de final, 360 para os semifinalistas, 600 para o vice e 1000 para o campeão. Desta forma, além de Nadal, Federer também já tem sua posição definida para a competição de Londres. O suíço será o segundo cabeça de chave, mas ainda pode ser ultrapassado por Djokovic até o fim do ano.

Leia tudo sobre: tênis - atptênis - masters series

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG