Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Contra Simon, Federer quer esquecer retrospecto negativo

Tenista suíço enfrentou Giles Simon em duas outras ocasiões, sendo derrotado pelo adversário todas as vezes

Gazeta |

Tetracampeão do Aberto da Austrália, Roger Federer estreou bem no torneio, vencendo o eslovaco Lukasz Lacko por 3 sets a 0, mas, na segunda rodada, irá enfrentar um dos poucos tenistas que já o venceram. O suíço medirá forças com o francês Gilles Simon.

Este será o terceiro encontro entre os tenistas no circuito, sendo que Simon venceu Federer nas duas oportunidades que teve. Apesar do retrospecto pouco animador, o número dois do mundo garantiu não se preocupar com isso.

"Não deixo que isso afete minha preparação", afirmou Federer. "Claro que Paul (Anaconne) e Severin (Luthi) irão me aconselhar como enfrentá-lo. Depois, caberá tentar esquecer essas partidas e pensar apenas em coisas boas".

O suíço, que superou Lacko na madrugada desta segunda, ficou satisfeito com o seu desempenho na estreia. "Tentei um jogo ofensivo desde o início e fui ver onde ele me leva. Não funcionou, voltei e joguei de maneira um pouco mais arriscada. O objetivo era ser capaz de continuar pressionando e deixá-lo no revés", explicou.

Federer ainda elogiou Lacko, que surpreendeu no ATP 250 de Doha ao aplicar um pneu em Rafael Nadal. "Eu achei que foi um bom jogo e não acho que ele tenha jogado muito mal mesmo. Vi algum talento nele também e é por isso que fiquei feliz em ter escolhido a tática de pressioná-lo desde cedo. O que ele trabalhou na partida foi realmente bastante, mas no final, eu venci e estou muito feliz", concluiu.

Leia tudo sobre: Roger Federertênisaberto da austrália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG