Tamanho do texto

Irmã do ex-tenista Marat Safin, russa já havia perdido boa parte da temporada passada por conta da contusão

selo

A tenista Dinara Safina não conseguiu vencer a batalha contra as dores nas costas que vinha sentindo desde 2009. A russa, que em maio disse que ficaria fora do circuito profissional por tempo indeterminado, anunciou nesta segunda-feira que não atuará mais nesta temporada, por conta da lesão.

"Sinto informar que minhas costas ainda estão incomodando e eu não conseguirei jogar pelo menos até o final deste ano. Obrigado pelo apoio e estarei informando vocês sobre minhas condições quando tiver mais informação", apontou a tenista em seu site oficial.

Safina não vinha conseguindo jogar em alto nível desde 2009. Ela começou a sofrer com os problemas nas costas justamente na melhor fase da carreira, quando havia alcançado o posto de número 1 do ranking da WTA, no qual permaneceu por 26 semanas. Esta condição de melhor tenista do mundo sempre foi colocada em dúvida pelo fato de ela nunca ter conquistado um Grand Slam.

Irmã do ex-tenista Marat Safin, a russa já havia perdido boa parte da temporada passada por conta da contusão. Neste ano, voltou a atuar no Aberto da Austrália, mas foi atropelada pela belga Kim Clijsters, em um duplo 6/0. Ela voltou a se afastar do tênis após abandonar a partida diante da bielorrussa Victoria Azarenka, nas quartas de final do Torneio de Andaluzia, em abril.