Número um do mundo voltou a sentir os problemas que quase o tiraram da final do Aberto dos EUA

Depois de ter confirmada a participação na rodada de abertura da semifinal da Copa Davis entre Sérvia e Argentina, Novak Djokovic foi retirado do jogo contra David Nalbandián, marcado para a manhã desta sexta-feira (horário de Brasília). Com dores nas costas, o campeão do Aberto dos Estados Unidos desistiu de entrar em quadra.

O melhor tenista do mundo já havia se ressentido do problema durante a disputa da final do Grand Slam norte-americano, contra Rafael Nadal, quando interrompeu o jogo e realizou alongamento por cerca de cinco minutos, levando constantemente a mão às costas após o tratamento.

Durante a semana, outro fator gerou preocupação quanto à sua participação na primeira partida da semifinal. Com a final do Aberto dos EUA atrasada e disputada na segunda-feira, a lotada agenda de compromissos extraquadra do atleta poderia ter feito o atleta se atrasar e não ter tempo de descansar, e tratar a lesão.

No final das contas, Djokovic - que vem de uma temporada incrível, onde perdeu apenas dois de 66 jogos - não reuniu condições de atuar nesta sexta-feira. Sendo assim, Viktor Troicki será  seu substituto na partida contra Nalbandián. Espera-se, no entanto, que ?Nole' enfrente Juan Martin Del Potro no domingo, no quarto jogo da série - caso necessário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.